Vacinação contra a COVID-19 em Teresópolis

You are currently viewing Vacinação contra a COVID-19 em Teresópolis
Compartilhar:

A Prefeitura de Teresópolis receberá, até esta terça (19), 4.700 doses da vacina contra a COVID-19 para imunização dos profissionais de saúde que atuam na linha de frente no combate à COVID no município e idosos moradores de instituições de longa permanência.

A Secretaria de Saúde vai aplicar, a partir desta terça ou quarta, a primeira dose neste público-alvo e, dentro de, no máximo, 28 dias, conforme recomendado pela Anvisa, irá aplicar a segunda dose para eficácia da imunização. A própria Secretaria vai entrar em contato com os imunizados para agendar a aplicação da segunda dose.

“O estado fez uma lista dos profissionais de saúde que estão na linha de frente no combate à COVID e também de todos os idosos que estão em instituições de longa permanência. Vamos ter equipe volante indo às unidades de saúde para fazer a vacinação in loco”, explicou o secretário de Saúde, Antonio Vasconcellos.

O secretário mencionou que a previsão inicial era receber 10 mil doses da vacina, porém a Anvisa liberou apenas a vacina produzida na Índia, a CoronaVac. A vacina produzida no Brasil, pelo Instituto Butantan ainda está em fase final de liberação. Assim, todos os estados, e consequentemente os municípios, vão receber quantidade menor do que a prevista inicialmente.

Quanto à chegada de novo lote da vacina a Teresópolis, o secretário de Saúde frisou que o Ministério da Saúde e o governo do estado aguarda a liberação de lote que foi envasado pelo Butantan, com 4,8 milhões de doses. Assim que essas doses forem liberadas, virá nova quantidade para o município.

Conforme o Plano Municipal de Contingência de Vacinação Contra a COVID-19, o sistema drive-thru segue como estratégia de imunização do público-alvo assim que a Secretaria de Saúde receber um quantitativo maior de doses.

“Já preparamos toda a logística para a implantação do drive-thru no Alto e em São Pedro, na área urbana, e em Pessegueiros (2º Distrito) e Bonsucesso (3º Distrito) no interior. Além das equipes do SAD (Serviço de Atenção Domiciliar) para vacinação de acamados”, pontuou Antonio Vasconcellos.

A Secretaria M. de Saúde tem em estoque 150 mil agulhas e seringas, sendo 56.900 vindas do governo do estado.