Teresópolis inaugura primeiro serviço de hemodinâmica e cirurgia cardíaca

You are currently viewing Teresópolis inaugura primeiro serviço de hemodinâmica e cirurgia cardíaca
Compartilhar:

Na quinta-feira (29), foi inaugurado o primeiro serviço de hemodinâmica e cirurgia cardíaca do município. O lançamento aconteceu no Hospital das Clínicas de Teresópolis Constantino Ottaviano (HCTCO) e contou com a presença da Diretora Geral da unidade, Dra. Rosane Rodrigues Costa, equipe médicas e convidados; além do Prefeito Vinicius Claussen e do Vice-prefeito, Dr. Ari Boulanger.

A partir de agosto, serão oferecidos na unidade hospitalar procedimentos de hemodinâmica que auxiliam na identificação de problemas relacionados às artérias e demais componentes do sistema cardíaco. Aliada aos exames está a realização das cirurgias cardíacas, que marca um avanço nos tratamentos de alta complexidade do município.

De acordo com o Prefeito Vinicius Claussen, em breve o serviço estará disponível também para pacientes do Sistema Único de Saúde. “Todo o relacionamento na busca de recursos entre a instituição, a Prefeitura e o Governo do Estado já foi feito, e logo será possível oferecer pelo SUS o serviço de cirurgia cardíaca. Isso significa um investimento muito grande na área da saúde, além de um grande salto no nosso desenvolvimento econômico”, disse.

Anteriormente, qualquer pessoa que precisasse de exames e procedimentos cirúrgicos cardíacos teria de ir para outras cidades. A partir de agora, todos os diagnósticos vão facilitar o conforto e reduzir os custos para a população. “Tanto a hemodinâmica quanto a cirurgia cardíaca nunca foram oferecidos em Teresópolis. Hoje, além de possibilitar este serviço, também buscamos o credenciamento para toda a população, através do SUS. O Prefeito e o Secretário de Saúde estão empenhados para que isso aconteça”, explicou a Diretora Geral do HCTCO, Dra. Rosa ne Rodrigues Costa.

Além da melhoria no atendimento da população, a nova estrutura também vai impulsionar a capacitação de todas as equipes envolvidas neste novo serviço. “A princípio, a vinda desse tratamento cardiológico é uma melhoria tanto para profissionais quanto para residentes, já que essa estrutura permite uma nova carga de aprendizagem e capacitação. Teresópolis pode se tornar uma referência já que o estado ainda possui um alto déficit de atendimento de cirurgia cardíaca e de hemodinâmica”, afirmou o Vice-Prefeito, Dr. Ari Boulanger.