Teresópolis imuniza pessoas com Síndrome de Down, grávidas e mulheres que tiveram bebê recentemente, até 45 dias do parto

Teresópolis imuniza pessoas com Síndrome de Down, grávidas e mulheres que tiveram bebê recentemente, até 45 dias do parto
Compartilhar:

Vacinação acontece nesta sexta, 07/05, e sábado, 08/05, respectivamente  

Nesta sexta-feira, 7 de maio, pessoas com Síndrome de Down a partir dos 18 anos de idade residentes em Teresópolis receberão a 1ª dose da vacina AstraZeneca/Oxford contra a Covid-19. A medida segue designação, de acordo com a Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência no Brasil.

Já no sábado, 8 de maio, serão imunizadas grávidas com 18 anos completos em diante, em qualquer período de gestação, e mulheres que tiveram bebê recentemente, até 45 dias do parto (puérperas).

Tanto na sexta, 07/05, quanto no sábado, 08/05, será aplicada a 2ª dose da vacina AstraZeneca/Oxford para as pessoas vacinadas há 90 dias.

O atendimento acontecerá de 9h às 15h, no sistema drive-thru (dentro do carro) na Secretaria Municipal de Saúde (Rua Júlio Rosa, 366, na Tijuca), em Bonsucesso (em frente à Unidade Básica de Saúde) e em Pessegueiros (em frente ao Posto de Saúde). Pessoas a pé também serão atendidas.

Confira os documentos a serem apresentados:

  • Pessoa com Síndrome de Down: Documentos de identificação (identidade e CPF) da própria e do responsável, cartão SUS (se tiver) e comprovante de residência em Teresópolis.
  • Grávidas a partir de 18 anos em qualquer período de gestação: Documentos de identificação (identidade e CPF), cartão SUS (se tiver), cartão do acompanhamento pré-natal ou laudo médico e comprovante de residência em Teresópolis.
  • Puérperas: Documentos de identificação (identidade e CPF), cartão SUS (se tiver), declaração de nascido vivo, declaração de alta da maternidade, certidão de nascimento do bebê e comprovante de residência em Teresópolis. 

Orientações para vacinação de gestantes e puérperas

  • A puérpera que estiver amamentando deverá ser orientada a não interromper o aleitamento materno.
  • Sem escolha de vacina: A vacinação poderá ser realizada com qualquer vacina de plataforma de vírus inativado, vetor viral ou mRNA, respeitando os intervalos entre as doses recomendados pelo Plano Nacional de Imunização/Ministério da Saúde.
  • Intervalo entre vacinas: Deverá ser respeitado o intervalo de, no mínimo, 14 dias entre a administração da vacina Influenza e/ou outra vacina do calendário de vacinação da gestante/puérpera e a administração da vacina Covid-19.