Teresópolis elege instituições que farão parte do Conselho de Inovação, Ciência e Tecnologia e lança Portal ‘InovaTerê’

Reunindo representantes dos órgãos da Administração Pública, dos poderes Executivo e Legislativo e da sociedade civil organizada, foi realizada nesta segunda-feira 27, assembleia on-line que elegeu as instituições que vão integrar o Conselho Municipal de Inovação, Ciência e Tecnologia de Teresópolis. O Prefeito Vinicius Claussen aproveitou para lançar o Portal ‘InovaTerê’, programa criado para desenvolver a cultura da inovação e do empreendedorismo visando novos negócios e empregos no município e que pode ser acessado pelo link https://teresopolis.rj.gov.br/inovatere/.

“Criamos a Lei da Inovação, no fim do ano passado, que estabelece uma série de medidas de incentivo à cultura da inovação em Teresópolis e de combate à estagnação econômica do município. E o Conselho faz parte deste sistema. Também lançamos o Portal ‘InovaTerê’, para dar visibilidade e transparência de todas as ações de ciência e tecnologia no Município. Seguimos firme na nossa meta de criar ambientes favoráveis à abertura de empresas e iniciativas nas áreas de ciência, tecnologia, inovação e de empreendedorismo inovador, que são vocações de Teresópolis”, avalia o Prefeito Vinicius Claussen.

“A Gestão Municipal dá sequência às ações de incentivo ao desenvolvimento tecnológico de Teresópolis. Continuamos trabalhando para estimular novos projetos, startups e empregos no setor de tecnologia”, pontua Vinicius Oberg, secretário municipal de Ciência e Tecnologia.

Foram eleitos os seguintes órgãos públicos e instituições: secretarias de Ciência e Tecnologia; de Trabalho, Emprego e Economia Solidária e de Planejamento e Projetos Sociais; Câmara Municipal; Fundação de Apoio à Escola Técnica do Estado do Rio de Janeiro (FAETEC), Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), Parque Tecnológico da Região Serrana (Serratec), Serviço Brasileiro de Apoio às Micros e Pequenas Empresas (Sebrae), Centro Universitário Serra dos Órgãos (Unifeso), Universidade Estácio de Sá, Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) e Movimento Empreendedor – como titulares, e Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Teresópolis (Aciat), como entidade suplente.

Órgãos públicos e instituições eleitas terão até o dia 10 de agosto para indicar os seus representantes, titulares e suplentes. A nomeação será publicada através de decreto no Diário Oficial Eletrônico do município e caberá à Secretaria de Ciência e Tecnologia convocar reunião para eleger a mesa diretora do Conselho. Após este ato, o Conselho Municipal de Inovação, Ciência e Tecnologia passará a atuar oficialmente.

O Conselho

Criado pela Lei Municipal 3811/2019 e regulamentado pelo Decreto Municipal 5274/2020, assinado pelo Prefeito Vinicius Claussen, o Conselho Municipal de Inovação, Ciência e Tecnologia é um órgão permanente integrante da Administração Pública de caráter técnico-científico, constituído por representantes da Prefeitura, Câmara e Entidades Privadas representativas da Categoria Econômica ou Profissional da área de ciência e tecnologia.

É a instância deliberativa, formuladora e fiscalizadora da Política de Inovação, Ciência e Tecnologia e Empreendedorismo. Sua estrutura e funcionamento estão vinculados à Secretaria Municipal de Ciência e Tecnologia.

Todas as ações que envolvam a aplicação da Política Municipal de Inovação, Ciência, Tecnologia e Empreendedorismo deverão ser apreciadas e aprovadas pelo Conselho, além de serem integradas ao Sistema Municipal de Inovação, também criado através da Lei Municipal de Inovação. A legitimidade da política pública de inovação, ciência e tecnologia se consolida a partir das deliberações e aprovações do Conselho.