12/3 - 9H ÀS 18H - SESC - GRATUÍTO

Você sabe o que é violência?

Violência Física

Qualquer conduta que ofenda a integridade física/saúde corporal (beliscões, socos, pontapés, mordidas, golpes, queimaduras, perfuração por arma de fogo ou arma branca), ou também agressão que não deixa vestígios (empurrões, puxões de cabelo, tapas).

Violência Sexual

Obrigar a mulher a ter relação sexual, participar ou presenciar outras relações sexuais contra sua vontade, através do uso de força, ameaça, chantagem, suborno ou manipulação. Ocorre, ainda, quando a mulher é obrigada a se prostituir, fazer aborto ou é impedida de usar método contraceptivo.

Violência Patrimonial

Implica dano, perda, subtração, distribuição ou retenção parcial ou total de objetos, documentos pessoais, bens e valores. Ocorre, portanto, quando a mulher tem seus pertences apropriados ou destruídos: roupas, documentos, dinheiro, instrumentos de trabalho/estudo, carro, casa.

Violência Psicológica

Ação ou omissão, crescente e gradativa, destinada a degradar ou controlar as ações, comportamentos, crenças e decisões da vítima por meio de intimidação, manipulação, ameaça direta ou indireta, humilhação, isolamento, vigilância constante ou qualquer conduta que implique em prejuízo à saúde psicológica. Normalmente, se caracteriza por ameaças à vítima.

Violência Moral

Ação destinada a caluniar, difamar ou injuriar a honra ou a reputação da mulher. Ocorre quando o agressor xinga/deprecia a vítima ou fatos ofensivos a ela.

Quem devo procurar?

help-icon

Delegacia ( 24 horas)

Endereço: Rua Alfredo Rebelo Filho, 883 – Alto.
Telefone: (21) 2642-7003

help-icon

Sala de acolhimento à mulher

É um atendimento exclusivo para mulher dentro da delegacia. Horário/Dia: Segunda a Sexta das 12:00h as 18:00h.

help-icon

Policia Militar: (24 horas)

Telefone: 190

help-icon

Guardiões da Vida

Programa de apoio, que tem como objetivo orientar e acompanhar as ocorrências de violência doméstica.
Telefone: 2742-7755

help-icon

Defensoria Pública

Atendimento Jurídico à Mulher, Oferecendo ações diversas: Alimentos, guarda, entre outros. Endereço: Rua Fernando Martins, 65 – Vila Muqui Teresópolis – RJ.
Telefone: (21) 2641-4257
Horário: das 10h as 18h
Segunda a sexta.

help-icon

Ministério Público

Atua nos casos de violência doméstica contra mulher. Endereço: Rua Francisco Sá, Nº 343 – 6º andar.
Horário: das 10h as 18h
Segunda a sexta.

help-icon

Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher

Promove políticas públicas Voltas para mulheres. Endereço: Centro Administrativo da Prefeitura, 2º andar.
Telefone: (21) 2643-4884
Reunião do conselho: Última quinta feira do mês.

help-icon

Secretaria da Mulher

Oferece atendimento especializado as mulheres (psicológico, jurídico e social). Endereço: Av. Lucio Meira, nº 375, 2º andar, sala 201. Telefone: (21) 2742-1038.
Horário/Dia: Segunda a Sexta-feira das 09:00h as 18:00h.

Dicas Importantes:

Se você está sofrendo algum tipo de violência, ligue 190! O agressor pode ser preso em FLAGRANTE!

Se já sofreu qualquer tipo de violência, vá à Delegacia local e faça o registro de ocorrência! Fornecer telefones, e-mails e referências dos endereços sempre ajuda!

Se sofreu agressões físicas, depois do registro na Delegacia, NÃO deixe de ir ao IML!

Ao fazer o registro, você pode requerer medidas protetivas, como proibição de aproximação e decontato, entre outras!
Precisou de socorro médico por conta da violência? Avise na Delegacia o local de atendimento! Solicite o BAM onde foi atendida.
Possui marcas da violência no corpo ou teve seus pertences danificados pelo agressor? Tire fotografias que ajudem a comprovar os crimes!
Após o registro dos fatos na Delegacia, NÃO deixe de informar seu novo endereço, caso venha a se mudar.
Se tiver notícias de que o agressor mudou de endereço após o registro do crime, informe na Delegacia ou no Ministério Público.
Se tiver medidas protetivas e o agressor descumpri-las, chame a POLÍCIA!
Compareça quando chamada a prestar esclarecimentos sobre os crimes, e saiba que você tem o direito de ficar longe do agressor e não falar na presença dele!

LEI MARIA DA PENHA

"Temos o direito de VIVER sem violência e temos uma LEI para isso."

A Lei Maria da Penha (Lei 11.340), de 07/08/2006, foi criada para combater a violência doméstica e familiar, garantindo punição com maior rigor aos agressores e criando mecanismos para prevenir a violência e proteger a mulher vitima. conheça mais sobre a lei no link abaixo.

Organização

Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher

Ministério Público de Teresópolis

Secretaria Municipal dos Direitos da Mulher

Sesc Teresópolis

Tribunal de Justiça/RJ

FALE CONOSCO

DIREITOS DA MULHER
Secretária: Margareth Rosi Veiga dos Santos Ramos – 99981-9848
Av. Lúcio Meira, 375/1º piso – Várzea (antigo Fórum) CEP 25953-001
mulher@teresopolis.rj.gov.br
(21) 2742-1038

Fechar Menu
Skip to content