Inscrições estão abertas e seguem até 31 de janeiro, pela internet

Estão abertas as inscrições para o Programa Residência de Software, uma parceria entre a Prefeitura de Teresópolis, através da Secretaria de Ciência e Tecnologia, e o Serratec (Parque Tecnológico da Região Serrana). Trata-se de um programa de imersão tecnológica, que alia conhecimento teórico com a prática. O objetivo é preparar profissionais no desenvolvimento de software e aumentar a oferta de profissionais qualificados na área de tecnologia, atraindo novas empresas para a Região Serrana fluminense.

O residente vai participar de experiências diretas, como se estivesse dentro da empresa, com tutores, mentores e problemas reais a serem resolvidos.

“O programa é uma ótima oportunidade para os nossos jovens se prepararem para ingressar em um segmento em expansão e que está sempre buscando profissionais capacitados”, pontua o Prefeito Vinicius Claussen

Teresópolis tem 51 empresas de tecnologia, totalizando mais de 1.400 empregos, com média salarial superior a três salários mínimos.

“O balcão de empregos do Sine tem sempre vagas para o setor de tecnologia, que raramente são preenchidas por falta de mão de obra qualificada. Esse processo seletivo do programa de residência de software tem tudo para mudar essa realidade”, avalia Vinicius Oberg, secretário municipal de Ciência e Tecnologia.

Processo seletivo

Jovens interessados em participar do processo seletivo podem se inscrever até o dia 31 de janeiro de 2020 e se candidatar a uma das 100 vagas oferecidas através do link http://serratec.org/residencia-de-software/.

A formação será gratuita e acontecerá nos novos laboratórios do campus de Ciência e Tecnologia do Unifeso (Centro Universitário Serra dos Órgãos).

Qualificação, ajuda de custo e oportunidade de trabalho

 Depois de selecionados, os residentes iniciarão um curso completo e gratuito, com conteúdos específicos e alinhados com as demandas de mercado. Os alunos selecionados terão direito a almoço, lanche na parte da manhã e à tarde, por dia de aula, e ainda terão custeados 50% do valor da passagem de ônibus.

Os residentes receberão conteúdos práticos e teóricos que os qualificarão para ingressar nas empresas que estão apoiando a iniciativa. Por isso, após a conclusão do curso, as oportunidades de trabalho estarão diretamente ligadas ao progresso realizado durante a Residência, desde que o mesmo atinja os objetivos de produtividade, comportamento, assertividade, capacidade de relacionamento, entre outros.

Serratec

Considerado o maior empreendimento tecnológico do interior do estado do Rio de Janeiro, o Serratec (Parque Tecnológico Região Serrana) é a união do setor de tecnologia das três principais cidades da Serra Fluminense: Petrópolis – sede do polo, Teresópolis e Nova Friburgo.

Juntas, as três cidades contam com cerca de 160 empresas trabalhando na produção de software, de novas tecnologias, em projetos de inovação e com pesquisa e desenvolvimento, e empregam mais de 3 mil funcionários.

Criado em 1998 com o nome de Tecnópolis e instalado em Petrópolis, o Parque Tecnológico Região Serrana tem como principal objetivo criar condições para instalação de empresas de tecnologia da informação, gerando um ambiente de futuro e inovação e, consequentemente, empregos e renda.