17ª SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA

Inteligência artificial: um novo caminho para o desenvolvimento sustentável em Teresópolis

"Inovação e Tecnologia no campo"

17 a 23 de outubro

Online via

SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA EM TERESÓPOLIS

O que é a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia?

Outubro é o Mês Nacional da Ciência, Tecnologia,  e Inovações. Com atividades coordenadas pelo MCTI, a celebração tem o objetivo de mobilizar a população, em especial os jovens, para atividades científico-tecnológicas.

Qual o tema desse ano?

“Inteligência Artificial” foi o tema escolhido para a vigésima edição da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) em 2020, que ocorrerá entre os dias 17 e 23 de outubro em todo o País. Vislumbra-se que a IA pode trazer ganhos na promoção da competitividade e no aumento da produtividade brasileira, na prestação de serviços públicos, na melhoria da qualidade de vida das pessoas e na redução das desigualdades sociais, dentre outros.

Em recente recomendação da OCDE sobre Inteligência Artificial, à qual o Brasil aderiu, foram identificados diversos princípios para o desenvolvimento responsável da IA, assim como recomendações quanto a políticas públicas e cooperação internacional. Dentre os elementos constantes da recomendação, destacam-se os seguintes:

  • A IA deve beneficiar as pessoas e o planeta, impulsionando o crescimento inclusivo, o desenvolvimento sustentável e o bem-estar.
  • Os sistemas de IA devem ser projetados de maneira a respeitar o Estado de Direito, os direitos humanos, os valores democráticos e a diversidade, e devem incluir salvaguardas apropriadas – por exemplo, possibilitando a intervenção humana sempre que necessário – para garantir uma sociedade justa.
  • Organizações e indivíduos que desempenham um papel ativo no ciclo de vida de IA devem se comprometer com a transparência e com a divulgação responsável em relação a sistemas de IA, fornecendo informações relevantes e condizentes com o estado da arte que permitam (i) promover a compreensão geral sobre sistemas de IA; (ii) tornar as pessoas cientes quanto às suas interações com sistemas de IA; (ii) permitir que aqueles afetados por um sistema de IA compreendam os resultados produzidos; e (iv) permitir que aqueles adversamente afetados por um sistema de IA possam contestar seu resultado.
  • Os sistemas de IA devem funcionar de maneira robusta, segura e protegida ao longo de seus ciclos de vida, e os riscos em potencial devem ser avaliados e gerenciados continuamente.

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações considera o tema Inteligência Artificial como estratégico para o País e está apoiando a criação de oito Centros de Pesquisas Aplicadas nas áreas: Saúde, Agricultura, Indústria, Cidades Inteligentes, Segurança e Defesa Cibernética, Governo.

Perguntas orientadoras?

  • O que é Inteligência Artificial? Como a Inteligência Artificial pode trazer ganhos na promoção da competitividade e no aumento da produtividade brasileira, na prestação de serviços públicos, na melhoria da qualidade de vida das pessoas e na redução das desigualdades sociais?
  • Quais são as principais cadeias produtivas do País? Como podemos potencializá-las? Como podemos agregar valor aquilo que já produzimos, criando novos produtos e serviços que utilizam IA? Como a Ciência, Tecnologia e Inovação podem auxiliar nesse processo?
  • Quais são os produtos advindos da Inteligência Artificial no País?
  • Como a pesquisa, desenvolvimento e a inovação podem contribuir para estimular a Inteligência Artificial no Brasil?
  • Quais são os benefícios da Inteligência Artificial? Quais impactos eles trazem para o país e para a população em geral?

1ª etapa

O tema é “Inovação e Tecnologia no campo”.

  1. Os estudantes deverão construir um produto de acordo com o tema e apresentá-los internamente para as próprias escolas participantes;
  2. As apresentações serão direcionadas em dois (2) segmentos: Escolas da Rede Municipal de Ensino (9º ano) e Centro Interescolar de Agropecuária José Francisco Lippi (Ensino Médio/Técnico).
  3. Os grupos de projetos farão uma breve apresentação interna de 5 minutos contendo de 3 a 5 slides.

     

  4. Cada Unidade escolar deve selecionar no máximo 1 (um) projeto a serem submetidos à uma banca avaliadora.

2ª etapa

Durante a semana serão realizadas apresentações e palestras através de videoconferências com o tema Inovação e Tecnologia de acordo com o cronograma.

Marcos Pontes

Secretário Nacional de Empreendedorismo e Inovação

19/10 (Segunda-feira)

14h às 15h

Os estudantes deverão construir um produto de acordo com o tema e apresentá-los internamente para as próprias escolas participantes

Paulo Alvim

Secretário Nacional de Empreendedorismo e Inovação

19/10 (Segunda-feira)

15h às 16h

Os estudantes deverão construir um produto de acordo com o tema e apresentá-los internamente para as próprias escolas participantes

Vinicius Oberg

Secretário Municipal de Ciência e Tecnologia de Teresópolis

19/10 (Segunda-feira)

17h às 18h

Os estudantes deverão construir um produto de acordo com o tema e apresentá-los internamente para as próprias escolas participantes

Paulo Espanha

Coordenador Geral Startup Rio

20/10 (Terça-feira)

14h às 15h

Os estudantes deverão construir um produto de acordo com o tema e apresentá-los internamente para as próprias escolas participantes

Gil Giardelli

Futurista

20/10 (Terça-feira)

17h às 18h

Os estudantes deverão construir um produto de acordo com o tema e apresentá-los internamente para as próprias escolas participantes

Alexandre Dal Forno

Head of Corporate Marketing & IoT na TIM Brasil

21/10 (Quarta-feira)

14h às 15h

Os estudantes deverão construir um produto de acordo com o tema e apresentá-los internamente para as próprias escolas participantes

Marcelo Queiroz

Secretario de Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Estado do Rio de Janeiro

21/10 (Quarta-feira)

17h às 18h

Os estudantes deverão construir um produto de acordo com o tema e apresentá-los internamente para as próprias escolas participantes

Petula Ponciano

Chefe Geral Embrapa Solos

22/10 (Quinta-feira)

17h às 18h

Os estudantes deverão construir um produto de acordo com o tema e apresentá-los internamente para as próprias escolas participantes

3ª etapa

APRESENTAÇÃO PARA BANCA AVALIADORA

Os projetos pré-selecionados serão apresentados e avaliados por uma banca composta pelo Conselho Municipal de Inovação, Ciência e Tecnologia de Teresópolis durante os eventos da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia.

  1. O tempo para apresentação será de 5 minutos por projeto para análise da banca avaliadora.

secretaria municipal de ciência e tecnologia

  • cienciaetecnologia@teresopolis.rj.gov.br
  • (21) 2742-3352, ramal 223
  • Seg-Sex 9:00-18:00
  • Av. Feliciano Sodré, 675 - Várzea, Teresópolis - RJ, 25963-082

Sugestões, dúvidas ou reclamações

Baixe nosso App

Plataforma desenvolvida pela Secretaria Municipal de Ciência e Tecnologia . cienciaetecnologia@teresopolis.rj.gov.br

Skip to content