Semana da Cidadania é encerrada com atividades de Saúde, recreação e música

Semana da Cidadania é encerrada com atividades de Saúde, recreação e música

Com diversas atividades de Saúde, recreação e música, aconteceu no último sábado, 4, na Praça da Matriz de Santa Teresa, no centro, o encerramento da Semana da Cidadania. Promovida pelo Observatório Social de Teresópolis, a iniciativa contou com o apoio da Prefeitura e de outras entidades, como a UNIFESO.

O presidente do Observatório falou sobre o objetivo da ação. “A ideia do Observatório é que a sociedade comece a entender a importância da cidadania, dos seus direitos e deveres. A intenção é multiplicar esses conceitos”.

A equipe da Secretaria dos Direitos da Mulher participou do evento. “Aqui, o público feminino pode se informar sobre quais são as possibilidades que tem de empoderamento no mercado de trabalho, por exemplo. Além disso, na Secretaria as mulheres têm todo o suporte de profissionais das áreas de Psicologia, Assistência Social e Jurídica”, comentou a responsável pelo Ceam (Centro Especializado de Atendimento à Mulher), Magda Geraldo Becker.

O coordenador do curso de Farmácia da Unifeso, Valter Gonçalves, exaltou a parceria da Universidade com o Observatório para promoção do evento. “É um grande prazer estar participando desta ação de cidadania. Estamos oferecendo diversos serviços, como a aferição de pressão arterial e de glicemia, orientação sobre o uso racional de medicamentos e fazendo demonstrações de experimentos científicos, por exemplo”.

Para a coordenadora do Espaço Mulher, que funciona na Praça sextas e sábados, o Dia da Cidadania ajudou a movimentar o local. “É muito boa essa agregação do Observatório com a gente e com a Secretaria dos Direitos da Mulher. Isso divulga o nosso trabalho de artesanato. Todos os eventos são muito bem-vindos à praça”, comentou Dilce de Carvalho.

As pessoas que passaram pelo evento também gostaram da programação. “É muito bom porque as pessoas precisam se cuidar e aqui elas podem ficar sabendo se estão com algum problema de saúde, como pressão alta ou diabetes”, disse a aposentada Maria Helena da Rocha.

Fotos: Marcelo Roza

Comente:

Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: