SARAU HISTÓRICO CULTURAL REÚNE REPRESENTANTE DA FAMÍLIA IMPERIAL E CONVIDADOS

SARAU HISTÓRICO CULTURAL REÚNE REPRESENTANTE DA FAMÍLIA IMPERIAL E CONVIDADOS
Autora do projeto, Aline Quintão conta aos convidados curiosidades sobre a Imperatriz Teresa Cristina

175 ANOS DA CHEGADA DA IMPERATRIZ  TERESA CRISTINA AO BRASIL

Uma noite memorável. Assim pode ser descrito o Sarau Histórico Cultural “Teresópolis, Cidade de Teresa”, realizado nesta quinta (29), no hall do Palácio Teresa Cristina, sede da Prefeitura. Promovido pela Secretaria de Cultura, o espetáculo contou com música de qualidade e até com a presença de um bufão, que garantiram o clima de época do evento em celebração aos 175 anos da chegada da Imperatriz Teresa Cristina ao Brasil. A primeira-dama Paula Schütte e a esposa do vice-prefeito, Joana Scussel, e secretários do time de gestão prestigiaram o Sarau.

“Teresópolis é a cidade de Teresa. É importante reviver essa história nesse espaço, o Palácio Teresa Cristina, em homenagem à Imperatriz. Pretendemos realizar outros saraus para levar à população o resgate da nossa história”, comentou Cléo Jordão, Secretária Municipal de Cultura.

A Diretora Social do Círculo Monárquico do Rio de Janeiro, Penhair Carlotti, marcou presença no Sarau Histórico, que teve ainda a exibição de mensagem de agradecimento do Príncipe Imperial do Brasil, Dom Bertrand de Orleans e Bragança. “Tive a honra de representar a Família Imperial e estou muito feliz. É uma grande emoção estar nesse Sarau, que foi extremamente bem organizado. Estou encantada em participar dessa homenagem a nossa querida Imperatriz Teresa Cristina”, agradeceu Penhair Carlotti.

Representando o Pólo Gastronômico, um dos colaboradores do evento, Vania Baddini, Elizabeth Mazzi e Simone Medeiros acompanharam toda a programação. “O Pólo abrange gastronomia, turismo e cultura. Sempre apoiamos movimentos que fazem parte da cultura da cidade”, comentou Vania. “O festival gastronômico Quebra Nozes esse ano integra a programação da cidade. Nosso interesse é valorizar e vender o destino Teresópolis”, acrescentou Elizabeth. “O pólo participa de muitas ações, principalmente culturais, o que é muito importante para a cidade”, contou Simone.

A programação

O evento contou com a performance da atriz Edinar Corradini e do subsecretário de Turismo, Henrique Silva. Caracterizados como os personagens históricos Imperatriz Teresa Cristina e André Rebouças, eles deram as boas-vindas aos convidados. O público foi brindado com belas apresentações instrumentais dos músicos Annalu Braga e Jorge Péculas, Thiago Cota, Elisa Wiermann e da subsecretária de Cultura, Luciana Pegorer, resgatando os tempos antigos.

O diretor da Casa da Memória Arthur Dalmasso, Rafael Corrêa, fez breve palestra sobre a história da Teresópolis Colonial. Já a cerimonialista Aline Quintão apresentou dados históricos e curiosidades sobre a vida da Imperatriz Teresa Cristina. Considerada “Mãe dos Brasileiros”, ela chegou ao Brasil há 175 anos, a bordo da Fragata Constituição e acompanhada por uma grande comitiva que reunia artistas, artesãos e intelectuais.

O projeto

O projeto de comemoração pelos 175 anos da chegada da Imperatriz Teresa Cristina ao Brasil foi apresentado à Secretaria de Cultura pela cerimonialista teresopolitana Aline Quintão. “Sempre gostei desse mundo de príncipes e princesas e, em leitura, cheguei à data histórica da chegada de D. Teresa ao Brasil. Pesquisei mais para conhecê-la melhor e apresentei a proposta de resgate da nossa história, já que somos a Cidade de Teresa. A Secretaria de Cultura topou e hoje damos o pontapé inicial nesse projeto”.

De acordo com a Subsecretária de Cultura, Luciana Pegorer, a secretaria tem um projeto para reavivar as raízes históricas de Teresópolis. “Este sarau dá início a um projeto que pretendemos realizar no ano que vem, pelo menos nas escolas municipais, com um olhar especial sobre a história do município”, finalizou.

Fotos: Lipe Nascimento

Fechar Menu
Skip to content
%d blogueiros gostam disto: