‘Proteger Teresópolis’ é apresentado em evento de Defesa Civil em Nova Friburgo

Apresentado na última quinta, 19, em Nova Friburgo, durante o curso de formação de capacidades para prevenção e monitoramento das áreas de risco da Região Serrana do estado do Rio de Janeiro, o projeto ‘Proteger Teresópolis’ despertou o interesse dos participantes. A apresentação foi feita pelo subsecretário de Defesa Civil, Coronel Albert Andrade.

 Lançado e homologado no final do mês de março, o ‘Proteger Teresópolis’ une a Prefeitura, através da Defesa Civil, e o Centro Universitário Serra dos Órgãos (Unifeso) no mapeamento dos bairros mais vulneráveis aos desastres naturais. O projeto cria protocolos de prevenção e de socorro específicos para a realidade climática, topográfica e geológica de cada área.

 Coordenada pelo Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) – unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, e promovida pela Cruz Vermelha de Nova Friburgo, a formação reuniu integrantes e voluntários dos Núcleos de Ensino e Pesquisa em Defesa Civil, voluntários da Cruz Vermelha, agentes e representantes da Defesa Civil dos municípios vizinhos de Friburgo.

 A programação do curso contou com palestras, mesa-redonda e oficinas sobre Sistemas Comunitários de Alerta, monitoramento de chuvas e de bacias hidrográficas, sistema e emissão de alertas e prevenção de riscos de desastres geo-hidrológicos.