Programa ‘Gari Comunitário’ começa a ser implantado em Teresópolis

Uma reunião entre o governo municipal e as Associações de Moradores, nesta segunda, dia 7, na prefeitura, marcou o início da implantação do projeto gari comunitário. Durante o encontro, que contou com a presença do prefeito Vinicius Claussen, do secretário de Serviços Públicos, Beto Calixto, do Ouvidor Geral, Leonardo Manso, e dos presidentes das associações, foram apresentados os primeiros garis contratados e assinados os termos de cooperação do programa, lançado em setembro pelo prefeito Vinicius Claussen.

 “O ‘Gari Comunitário’ é um projeto que, em parceria com as associações de moradores, visa melhorar a limpeza das comunidades. O gari tem quatro funções específicas que são: varrição, capina, limpeza de bueiros e monitorar a coleta de lixo domiciliar. A Prefeitura vai garantir todo o material para o trabalho como uniformes, ferramentas, coletores de lixo, e outros equipamentos. É uma grande parceria e juntos vamos fazer essa zeladoria do bairro ficar ainda melhor”, declarou o Prefeito Vinicius Claussen.

Para participar do programa, a associação de moradores deve consultar a Chamada Pública (http://bit.ly/chamada-ass-moradores) publicada no Diário Oficial Eletrônico, do dia 2 de setembro. Os documentos solicitados devem ser entregues na Ouvidoria Geral, no 1º piso do Centro Administrativo Municipal Manoel Freitas – prédio do antigo Fórum (Av. Lúcio Meira, 375/sala 101, na Várzea). O atendimento acontece de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h.

Até o momento, nove associações já estão habilitadas para participar do novo projeto e quatro já indicaram os garis comunitários, que já foram habilitados para começar os trabalhos nos respectivos bairros.

Agora, contratado como gari comunitário, Nilton Jose Rodrigues Jr, disse que está unindo o útil ao agradável. “Sou nascido e criado no Vale da Revolta. Conheço praticamente todos os moradores e agora as orientações podem chegar a eles mais fáceis através de mim. Estou tendo a oportunidade de cuidar da minha rua, do meu bairro e ainda receber por isso. Tô muito feliz”, disse o jovem.

A presidente da Associação de Moradores de Vargem Grande, Liana Regina de Araújo, enfatizou a colaboração da população. “Faço um apelo à população para que respeite e auxilie o trabalho realizado pelo gari comunitário, pois além de ser um morador da comunidade ele trabalha para manter a limpeza do bairro” assegurou Liana.

Para o secretário de Serviços Públicos, Beto Calixto, a limpeza da cidade é um dever de todos, do poder público e dos munícipes. “O trabalho de manutenção da Secretaria continua normalmente nos bairros, mas o gari comunitário será um parceiro importante, ajudando a repassar informações necessárias para que os moradores ajam na intenção de manter o local limpo.”, concluiu.

Gari Comunitário

O novo projeto da Prefeitura com as Associações de Moradores, o ‘Gari Comunitário’ prevê a disponibilização de um zelador beneficiário do programa Operação trabalho (POT) por bairro. Esses profissionais serão liderados pela Secretaria de Serviços Públicos com o apoio das Associações. A Associação indicará uma pessoa que terá a responsabilidade de varrição do bairro, de realizar pinturas nas calçadas, desentupir bueiros e realizar a capina do bairro.

O Gari Comunitário será uniformizado para identificação pelos moradores e receberá um carrinho com alguns equipamentos, tais como vassourais, alicates, enxadas e outros que sejam necessários para o trabalho de zeladoria do bairro.

Fechar Menu
Skip to content