Prefeitura investe quase R$ 3 milhões em novo pregão de materiais para manutenção da iluminação pública

Lâmpadas, reatores e braços de luz do pregão anterior começam a ser entregues na próxima semana

Publicado na edição desta quarta-feira (04), do Diário Oficial Eletrônico do Município, o edital do pregão presencial nº 067/2019. Marcado para 17 de setembro, o registro de preços, válido por 12 meses, é para compra de 18 itens de materiais para manutenção, ampliação e modernização da rede de iluminação pública em Teresópolis. Com investimento estimado de R$ 2.979.908,00, a futura aquisição abrange mais de 7.500 unidades, entre lâmpadas, luminárias, refletores, reatores, postes e escadas, entre outros artigos.

“Serão adquiridas luminárias de LED para as ruas principais e secundárias, praças, parques, quadras esportivas e áreas de grande circulação da população. Esse tipo de tecnologia é mais barata e economizará na conta de luz. As luminárias de LED vêm preparadas para receber, no futuro, um módulo de telegestão, o que permitirá o monitoramento da condição das luminárias através de uma sala de controle. É a Gestão Municipal investindo na modernização da iluminação pública”, destaca o Prefeito Vinicius Claussen.

A partir da próxima semana, está prevista a entrega de vários itens adquiridos pela Prefeitura no pregão presencial nº 044/2019, realizado no mês de julho. “As amostras foram aprovadas e, nesta semana, as cinco empresas vencedoras estão assinando as Atas de Registro de Preço. Serão entregues braços de luz, luminárias, lâmpadas multivapor metálico de 250w, 150w, 80w e 70w, reatores, bases externas e relés fotoelétricos, bocais, conectores e parafusos. O investimento é de R$ 311.629,50 ao longo de 12 meses. Além do pregão presencial marcado para o dia 17 de setembro, a Gestão ainda estuda novos investimentos”, explica Lucas Guimarães, secretário municipal de Administração.

A Gestão Municipal está comprando materiais e equipamentos de proteção individual com recursos da Contribuição de Iluminação Pública, paga mensalmente pelos contribuintes nas contas de luz. Até abril deste ano, o valor arrecadado com a CIP não era suficiente para custear os gastos de conservação da iluminação pública. A Prefeitura tinha que acrescentar R$ 150 mil todo mês e, mesmo assim, não conseguia manter os pontos de luz acesos.

“Lembro que quando assumimos a Gestão, em julho de 2018, de cada 10 postes da cidade, 4 estavam com as lâmpadas queimadas. Em um grande esforço, equipes da Secretaria de Serviços Públicos foram priorizando os pontos mais críticos. Para tirar as ruas da escuridão, em dezembro de 2018 a Prefeitura comprou seis mil lâmpadas e três mil relés, com recursos próprios e realizou vários pregões”, relata o Prefeito Vinicius Claussen.

Atualmente, existem seis equipes de manutenção e três veículos para atender cidade e interior. “Enquanto o material não é entregue, nosso pessoal aproveita os itens que restam no nosso estoque para atender demandas de contribuintes de vários bairros e que foram repassadas pela Ouvidoria Geral para nossa Secretaria. Assim que o material chegar, avançaremos na regularização do serviço de manutenção da iluminação pública”, esclarece o secretário Beto Calixto, de Serviços Públicos.

Fechar Menu
Skip to content