PREFEITURA E DEFENSORES DA CAUSA ANIMAL SE UNEM PARA AMPLIAR MEDIDAS DE PROTEÇÃO

PREFEITURA E DEFENSORES DA CAUSA ANIMAL  SE UNEM PARA AMPLIAR MEDIDAS DE PROTEÇÃO
Teresópolis, 6 de agosto de 2018

A criação de legislação municipal específica para educação, proteção e defesa animal em Teresópolis foi o tema do encontro realizado nesta segunda-feira (6), na Ouvidoria Geral. Participaram representantes da Prefeitura e defensores da causa.

Durante o encontro foram sugeridas questões como reestruturação do Centro de Triagem Animal, no Fischer, a criação de setor específico para o bem-estar animal, implementação de políticas de proteção e posse responsáveis e mais rigidez nas situações como maus tratos e abandono.

Segundo o Ouvidor Geral do município, Anderson Gutemberg, as ideias apresentadas servirão para dar início à elaboração do plano da gestão municipal relativo à causa animal. Previsto para o início de setembro, o novo encontro deve reunir a equipe da Secretaria do Meio Ambiente, da Comissão de Ecologia e Meio Ambiente da Câmara Municipal, além dos participantes de organizações e defensores de animais.

Na reunião também foi discutida a divulgação de uma falsa notícia, que circulou nas mídias sociais durante o fim de semana, acusando a Prefeitura de ter retirado e jogado no lixo abrigos provisórios de cães de rua no entorno da Praça Baltazar da Silveira, na Várzea.

Segundo Gutemberg foram consultados setores de várias secretarias, como de Fiscalização Fazendária, Vigilância Sanitária e Ambiental em Saúde, Setor de Zoonoses e de Limpeza Pública sobre o caso. Nenhum órgão do município fez a retirada das estruturas que abrigavam os animais, garantiu o Ouvidor. O ouvidor destaca que as chamadas “fake news” em nada ajudam a solução de problemas. Ele lembrou que a Prefeitura tem canais oficiais de informação, entre eles a própria Ouvidoria.

Fotos: Jorge Maravilha

Fechar Menu
Skip to content
%d blogueiros gostam disto: