Plantio de árvores no entorno do Mirante da Granja Guarani marca Dia da Terra em Teresópolis

You are currently viewing Plantio de árvores no entorno do Mirante da Granja Guarani marca Dia da Terra em Teresópolis
Compartilhar:

Local recebeu mudas de espécies da Mata Atlântica

A Ação Verde aconteceu nesta quinta-feira, 22, no Mirante da Granja Guarani, em comemoração ao Dia da Terra, data celebrada em todo o planeta. Entre as mudas, doadas pelo Horto Municipal, espécies como Pau-Brasil, Bracatinga, Quaresmeira e Sibipiruna. A atividade contou com o apoio da Prefeitura, por meio das secretarias municipais de Meio Ambiente e de Serviços Públicos/Divisão de Parques e Jardins.

“Teresópolis está posicionada dentro da Mata Atlântica, precisamos entender que a nossa biodiversidade deve ser preservada e o ato de reflorestar contribui para o meio ambiente e para a população. Garantir essa preservação significa qualidade de vida aos moradores do município”, destacou Vitor Cunha, biólogo da Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

A paisagista da Prefeitura, Denise Marques, frisou sobre a gratificação de integrar a equipe participante da atividade. “É muito gratificante ter a possibilidade de realizar esse trabalho em conjunto com os servidores de Parques e Jardins, Serviços Públicos e Meio Ambiente, em conjunto com os representantes das ONGs”.   

De acordo o Programa Atitude Legal Necessária, a organização não governamental Prima.Org e o Projeto Humano Novo, organizadores da Ação Verde, a mobilização em comemoração ao Dia Mundial da Terra integrou Teresópolis no evento oficial global coordenado pela EarthDay.Org/América do Sul, que reúne 192 países.

“O Dia da Terra é uma data significativa para o planeta. Em Teresópolis, essa ação tem acontecido ao longo dos anos e serve para a gente refletir sobre a preservação do meio ambiente. É muito bom participar e ter parceiros, como a Prefeitura, que estão engajados no movimento. O plantio é simbólico, mas relevante para chamar a atenção para a preservação da Mata Atlântica, um bioma tão significativo para o Brasil, porém, uma das florestas mais ameaçadas de extinção no planeta”, ressaltou Gilberto Teixeira, coordenador do Projeto Humano Novo.

Representando a ONG Prima.Org, o biólogo Ricardo Harduim também exaltou a importância de promover ações ambientais. “É uma enorme satisfação participar de ações como essa, especialmente hoje, Dia da Terra. Essa é a nossa busca dos últimos anos: fazer trabalhos de compensação de carbono zero, por meio de projetos no Brasil, e no exterior”.

Harduim enumerou os benefícios da ação verde. “Plantar árvores ajuda no processo de fotossíntese, retirando o carbono da atmosfera. Ajuda a regularizar o clima, a temperatura, o ciclo da água, enriquece o solo, atrai e aumenta a biodiversidade, deixa o ambiente mais harmonioso. Tudo isso é fundamental para a sustentabilidade”.

Por conta das medidas restritivas em vigor devido à pandemia, o evento teve transmissão on-line pelo Facebook.com/projetoHumanoNovo.

O plantio contou ainda o apoio das seguintes instituições: EARTH DAY.ORG – América Latina; SOS MATA ATLÂNTICA/SP; Effect Sports/RJ; Instituto LIMPA BRASIL/SP; Instituto LIXO ZERO/SC; Instituto TEORIA VERDE/MT; Instituto ROUTE Brasil/RJ; MCT – Movimento Conservacionista Teresopolitano/RJ; União das Associações de Moradores/UAM.

A data

O Dia da Terra é comemorado anualmente em 22 de abril e foi criado para conscientizar a população mundial sobre a importância de proteger o planeta.  Também chamada de Dia do Planeta Terra ou Dia da Mãe Terra, a data foi comemorada pela primeira vez nos Estados Unidos em 1970, quando o senador americano Gaylord Nelson (1916-2005) organizou um fórum ambiental que chamou a atenção de 20 milhões de participantes.               

Plantios de mudas nativas, alertas para o uso consciente dos recursos naturais, incentivo à reciclagem e à reutilização de materiais que podem ser reaproveitados e realização de mutirões verdes são algumas ações que costumam ser promovidas nesta data, como forma de reflexão sobre a urgência de preservar o Planeta Terra para as futuras gerações.

Fotos: Bruno Nepomuceno