Operação Presença Social: Prefeitura intensifica ações para acolher pessoas em situação de rua durante frente fria de alta intensidade

You are currently viewing Operação Presença Social: Prefeitura intensifica ações para acolher pessoas em situação de rua durante frente fria de alta intensidade
Compartilhar:

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social montou um planejamento estratégico, dentro da Operação Presença Social, para intensificar o acolhimento de pessoas em situação de rua por conta da previsão da chegada de frente fria com acentuada queda de temperatura.

Foram mobilizadas equipes técnicas do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), do Consultório de Rua e do CAPS (Centro de Atenção Psicossocial), da Secretaria Municipal de Saúde, e agentes da Defesa Civil Municipal, a fim de acolher esse público e amenizar os efeitos da incidência climática.

“Além do abrigo da Associação Beneficente Sopão, estamos buscando a parceria de uma iniciativa solidária criada recentemente para receber moradores em situação de rua. Também investimos em vagas em hotel para acolhimento emergencial de mulheres e crianças. O Ginásio Pedrão será utilizado em último caso. A aquisição de cobertores, camas e colchões está sendo providenciada”, explica o Prefeito Vinicius Claussen.

Ações de dia e à noite

Dez profissionais trabalharão durante toda a madrugada visando atender pessoas em situação de vulnerabilidade. Também serão realizadas ações diurnas e mantidas equipes de plantão para casos de emergência. Como a Constituição Federal não permite a remoção forçada da população de rua, quem se recusar a ir para abrigos receberá cobertor para se proteger do frio intenso.

“Equipe do Desenvolvimento Social se unirá aos agentes da Defesa Civil e ao pessoal do Consultório de Rua para abordagens de pessoas em situação de rua, sempre a partir de 21h, com encaminhamento consentido aos abrigos da cidade. Os homens serão encaminhados a dois abrigos, que estarão abertos para recebê-los. Mulheres e crianças encontradas em situação de rua serão levadas para hotéis da cidade, onde passarão a noite. No dia seguinte, elas serão encaminhadas a instituições para a continuidade do atendimento”, relata Valdeck Amaral.

“Durante o dia, às 6h outra equipe da secretaria fará rondas em locais onde tenham moradores de rua. O objetivo é prestar atendimento a moradores que tenham se recusado ao acolhimento e que necessitem do apoio da Saúde ou de outro encaminhamento. Além disso, manteremos pessoal de sobreaviso durante 24 horas, com assistente social, técnico de abordagem social e um motorista para atender casos de emergência”, completa o secretário de Desenvolvimento Social.

A população pode colaborar com as ações de acolhimento informando onde há pessoas dormindo na rua sem assistência. s informações podem ser repassadas de segunda a sexta, de 9h às 18h, pelos telefones (21) 92005-2021 e (21) 3641-5866.