Nota de esclarecimento: Sobre o evento de trânsito, ocorrido nesta quinta, 5

Sobre o evento de trânsito, ocorrido nesta quinta, 5, no centro da cidade, no qual um uma colisão de veículos desenrolou-se para lesão corporal a jovem envolvida no referido acidente, a Secretaria Municipal de Segurança Pública esclarece:

– A Guarda Civil Municipal (GCM) foi o primeiro órgão oficial a chegar ao local da ocorrência. O que foi registrado e confirmado por relatos da imprensa ao registrar os fatos ali acontecidos.

– Como o agressor não se conteve, foi algemado pela GCM, que aguardou a presença da Polícia Militar. Ao assumir a ocorrência, policiais determinaram a retirada das algemas.

– Por determinação dos policiais, o agressor foi para 110ª Delegacia de Polícia, no seu próprio veículo, para o devido registro do Boletim de Ocorrência.

A Secretaria dos Direitos da Mulher (SMDM) fez uma visita de acolhimento à mulher agredida. De acordo com o relato da psicóloga da secretaria, a jovem encontra-se abalada.

A agressão não configura Lei Maria da Penha, pois não está relacionada à agressão sofrida por companheiro, ou seja, quando há um vínculo emocional, entretanto, a Secretaria ofereceu atendimento multidisciplinar para a vítima.

A mulher, que não fez críticas quanto à atuação da Guarda Municipal, já constituiu advogado para representação judicial contra o agressor e também contra a condução dos policiais militares durante o ocorrido.

Fechar Menu
Skip to content