Música, religiosidade e alegria no Aniversário da Cidade

Compartilhar:

Teresópolis comemora 126 anos com atrações como as orquestras Petrobras
Sinfônica e da 1ª Igreja Batista, missa, culto, Festival de Inverno, festa da cerveja e muito mais

Muitas atrações de qualidade, diversão e, o que é melhor, a custo zero para os cofres públicos. Assim serão as comemorações pelos 126 anos de Teresópolis, celebrados em 6 de julho. A programação será realizada entre os dias 2 e 29 de julho. Todos os eventos têm o apoio da Prefeitura, através de suas Secretarias Municipais de Cultura e de Turismo, e alguns contam com patrocínio privado.

Música, missa, culto, exposições – Já neste domingo, dia 2, além dos tradicionais projetos “Cultura de Raiz” (na Casa de Cultura Adolpho Bloch, em Araras) e “Música na Matriz” (na Igreja de Santa Teresa, Centro), na Igreja de Santo Antônio, no Alto, será celebrada missa comemorando o aniversário da cidade, às 11h.

Na segunda-feira, 3, um culto evangélico festeja o acontecimento às 19h, na Igreja Assembleia de Deus Filadélfia, na Ermitage, enquanto a Casa de Cultura Adolpho Bloch abre à visitação, das 10h às 17h, a exposição “Teresópolis, Outros Olhares”. Ainda no dia 3, na Galeria de Arte Sami Mattar (no 2º piso da Prefeitura), também é inaugurada para visitação (das 9h às 18h) a Exposição da SOARTE (Sociedade dos Artistas de Teresópolis) em homenagem ao aniversário da cidade. Na terça-feira, dia 4, os alunos da Escola Municipal de Música fazem uma apresentação pelos 20 anos do Centro Cultural Bernardo Monteverde, no Alto.

Busólogos e carros antigos – Nos dias 8 e 9, as atrações são sobre rodas. No dia 8, com recepção aos visitantes no Soberbo, acontece o Encontro de Busólogos — aficionados por ônibus — de Teresópolis, a partir das 8h. No dia seguinte, é a vez da 35ª Exposição de Automóveis Antigos, na Praça Nilo Peçanha, no Alto, também a partir das 8h. A realização é dos Amigos dos Antigos.

Festival gastronômico e cultural – Como diz o ditado, se beber não dirija. Se não dirigir, a boa é a 2ª edição do “Serveja Teresópolis” – especial de aniversário de 126 anos da cidade –, que acontecerá nos dias 14, 15 e 16 de julho, das 18h à 0h, na Avenida J. J. de Araújo Regadas, na Várzea. Realizado por Vieira & Barbosa Eventos, em parceria com a Prefeitura, através de sua Secretaria de Cultura (a custo zero para os cofres públicos, frisam os organizadores), o evento é o maior de gastronomia de rua e cerveja artesanal da Região Serrana.

Nesta segunda edição, expositores de gastronomia e cerveja artesanal de todo o Estado do Rio de Janeiro. E mais: shows com bandas locais, espaços kids, brassagem de cerveja ao vivo com a ACERT (Artesões Cervejeiros de Teresópolis) e outras novidades. Também no dia 14, no Teatro Municipal (2º piso da Prefeitura), às 20h, acontece o show “Luiz Cláudio Peixoto apresenta Cazuza”.

Orquestra, gincana e Arte na Praça – No dia 15 de julho, a competência da Orquestra e do Coral da Primeira Igreja Batista de Teresópolis reforça um fim de semana de boa e grandiosa música, às 16h, em plena Praça Olímpica Luís de Camões, no Centro. Orquestra e Coro começaram a ser formados em 2004 para se apresentarem nos cultos da igreja e suas exibições costumam ser impecáveis.

Também na Praça Olímpica, no dia 15, “Arte na Praça”: às 11h, Oficina de Contação de História com a Cia. Canto do Conto; às 13h, o Espetáculo Divertissement Clássico com o Ballet da Casa de Cultura Adolpho Bloch; às 14h, o espetáculo “Hoje tem Mamulengo”, com Xando Pernambuco.

Ainda no sábado, dia 15, às 9h, ocorre uma Gincana de Pintura em Homenagem aos 50 anos da Fonte Judith, no bairro do Alto. No dia 16, às 11h, o Espetáculo POP’s, com o Studio Dias de Dança, e, às 14h, o Espetáculo de Variedades Circenses, com a Trupe Circunflexo. A realização é da Mosaico Produções.

Orquestra Petrobras Sinfônica – No mesmo dia 16, na Praça Olímpica, uma atração de peso vai empolgar o público pela grandiosidade e excelência: às 16h, os cerca de 70 músicos da Orquestra Petrobras Sinfônica se apresentam. Fundada em 1972 pelo Maestro Armando Prazeres, a OPES reafirma o compromisso de interpretar a tradição sinfônica sob uma ótica brasileira e atual, com o objetivo de aproximar novos públicos da música de concerto. A Orquestra Petrobras Sinfônica é o único conjunto sinfônico brasileiro gerido pelos próprios músicos! Gestão inovadora e certeza de qualidade!

Festival de Inverno – No sábado, 22, e domingo, 23, acontece na Praça Olímpica, das 12h à 0h, o Arraiá da Nova Geração. Os dois últimos finais de semana de julho – dias 22, 23, 28 e 29 – são do Festival de Inverno, que encerra as festividades no Teatro Municipal (2º piso da Prefeitura), com música e teatro. E com atividades variadas na Praça Governador Portela, atrás da PMT, durante o dia. No dia 22, às 20h, é encenada a peça “Insira Uma Ofensa Aqui, regras para uma discussão sem sentido”, com o Grupo Cena Perdida (também encenada nos dias 1 e 2 deste mês de julho no mesmo teatro). No dia 23, às 16h, teatro infantil: “Contando com a Sorte”, com o Grupo Pirueta.

No fim de semana seguinte, dia 28, às 20h, show de música brasileira com o Grupo Moças. E, no dia 29, também às 20h, o show “Uma Noite Clara” – homenagem à cantora Clara Nunes –, com Lycia Maria e Grupo Cariocas de Raiz. É programação que não acaba mais.

Texto: Ney Reis/Secretaria de Cultura
Fotos: Divulgação

no images were found