Município mantém aluguel social em dia

Município mantém aluguel social em dia

Município mantém aluguel social em dia e garante repasses a instituições assistenciais

Secretária de Desenvolvimento Social, Tânia Iorio, informa que Governo Municipal está em dia com o pagamento do aluguel social
Secretária de Desenvolvimento Social, Tânia Iorio, informa que Governo Municipal está em dia com o pagamento do aluguel social

A Prefeitura de Teresópolis mantém atualizado o compromisso com as 775 famílias que recebem o aluguel social pago pelo município”.  A declaração é da Secretária de Desenvolvimento Social, Tânia Iorio, informando que o Governo Municipal está em dia com o pagamento deste auxílio.

“O aluguel social de responsabilidade da Prefeitura vem sendo depositado na conta dos beneficiários todo dia 20 de cada mês. O último foi feito em 20 de maio, ou seja, não tem atraso nenhum por parte do município”, afirmou Tânia.

Segundo ela, além dessas 775 famílias, existem mais 1.599 pessoas de Teresópolis que recebem o auxílio financeiro do Governo do Estado. E estes não tiveram depositado os valores relativos ao mês de maio. Tânia explicou ainda que a Prefeitura não tem nenhuma ingerência sobre estes repasses, que vão direto para as contas dos beneficiários.

O aluguel social é pago às famílias que ficaram desabrigadas por conta das fortes chuvas que atingiram o município em janeiro de 2011 e que não conseguiram retornar para suas casas. O auxílio financeiro é de caráter social e será mantido até que as casas do programa habitacional do Estado sejam entregues aos beneficiários inscritos no programa do Aluguel Social.

Tânia falou também sobre os repasses do Governo Federal para entidades assistenciais conveniadas, como Apae Teresópolis, Instituição Maria de Nazaré – Mansão dos Velhinhos, Associação Nova Vida e Asilo São Vicente de Paulo.

“Quanto a essas instituições, que tempos atrás passaram por momentos financeiros difíceis, nós conseguimos regularizar os recursos federais Fundo a Fundo.  Ou seja, entramos em contato com a Secretaria Nacional de Assistência Social e tivemos que fazer alguns ajustes para que o repasse fosse feito direto do Fundo  Nacional de Assistência Social para o Fundo Municipal, evitando assim que os serviços  fossem interrompidos. Agora está tudo em dia”, finalizou Iorio.

Texto: Gisele Barreto

Fechar Menu
Skip to content
%d blogueiros gostam disto: