Legado Aldir Blanc: Secretaria de Cultura lança cursos gratuitos como contrapartida do edital de subsídio a instituições

Legado Aldir Blanc: Secretaria de Cultura lança cursos gratuitos como contrapartida do edital de subsídio a instituições
Compartilhar:

A partir desta sexta-feira, 14 de maio, estão abertas as inscrições para os cursos que compõem as contrapartidas das instituições culturais atendidas em 2020 pela Lei Aldir Blanc.

Ao todo, serão oferecidas 144 vagas, entre as modalidades de dança – da clássica a contemporânea, incluindo ballet, jazz, pole dance, fit dance, hip hop, etc; artes visuais, capoeira, teatro e instrumentos musicais, que serão disponibilizadas gratuitamente em sete espaços da cidade.

Os interessados devem se inscrever até a próxima terça-feira, dia 18 de maio, através do formulário online, que pode ser acessado neste link.

No formulário, o candidato vai preencher seus dados pessoais e marcar o curso para o qual tem interesse, de acordo com os espaços culturais, as possibilidades e idades apresentados, e definir ainda a modalidade: presencial ou à distância.

As aulas serão realizadas nas seguintes instituições: Escola Dias de Dança, na Várzea; Academia de Capoeira Regiangola, na Várzea; Quintal das Artes, na Ermitage; Studio Rafaela Ribeiro, na Várzea; Ateliê Rô Santos, em Agriões; Interurbanos, na Barra do imbuí; e Centro de Dança Atitude, na Várzea.

O processo seletivo para escolha dos contemplados será realizado entre os dias 19 e 21 de maio. O resultado será divulgado no dia 24 e as matrículas deverão ser realizadas logo em seguida, entre 24 e 28 de maio, na respectiva instituição. As aulas terão início após a efetivação das matrículas. 

Contrapartidas

As 144 vagas representam as contrapartidas de oito das 18 instituições culturais que foram beneficiadas pela Chamada Pública 002/2020, promovida pela Secretaria de Cultura de Teresópolis, em atendimento ao Inciso II da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc (Lei 14.017/20).

Entre novembro e dezembro de 2020, as 18 instituições contempladas receberam três parcelas de subsídios de acordo com o porte, com valores entre R$ 3 mil e R$ 10 mil por parcela. Os recursos foram utilizados para a manutenção das empresas, prejudicadas de forma significativa por conta da pandemia da Covid-19.

Em contrapartida, cada instituição se comprometeu a oferecer cursos e/ou bolsas de estudo ou ainda outras atividades gratuitas para a população. Nesta etapa, serão lançados os cursos e bolsas de estudo. Em data futura, possivelmente no segundo semestre, serão lançadas as atividades promovidas pelas demais instituições, que envolvem apresentações de teatro e dança, palestras, contação de histórias, oficinas, exposições e outros cursos.

“Nossa previsão era lançar estes cursos em fevereiro, não só para atender a população, como também para garantir o cumprimento dos prazos da Lei Aldir Blanc. Contudo, devido ao quadro delicado da pandemia, decidimos esperar. Felizmente, neste meio tempo, foi aprovado o Projeto de Lei 795/21, que prorrogou os prazos para prestação de contas da lei, o que foi muito comemorado por nós. Afinal, com esta decisão, pudemos planejar melhor a execução das contrapartidas, visando atender de forma eficiente e segura a nossa população”, comemora a secretária de Cultura, Cléo Jordão.

Todos os cursos e/ou bolsas de estudo serão realizados respeitando os protocolos de segurança com relação à COVID-19. E após sua realização, as instituições deverão comprovar o cumprimento da contrapartida, através do envio de lista de presença ou relatório, além de gravação, em caso de aula online ou presencial, ou fotos das atividades.