Juntos pela Cultura na cidade: Governo de Teresópolis registra realizações

Juntos pela Cultura na cidade

Governo de Teresópolis registra realizações com criatividade e parcerias com empresários e comunidade

Época de fazer balanços do que foi realizado durante este ano, o final de 2016 mostra que a Prefeitura de Teresópolis, através de sua Secretaria Municipal de Cultura, deu atenção especial para o setor. E o que é melhor: com custo zero, contando com parceiros na iniciativa privada e na comunidade em geral.

Na atual gestão, que iniciou em junho, apesar do pouco tempo e da falta de recursos, houve realizações de vulto. A primeira foi a criação, no 2º piso da Prefeitura, da Galeria de Arte Sami Mattar, em homenagem ao ilustre pintor aqui radicado por muitos anos. Com quadros de seus pares na Sociedade dos Artistas de Teresópolis (SOARTE) e um de sua autoria – doado pela viúva Sylvia, que esteve presente ao vernissage com o filho Darik –, a galeria funciona permanentemente e pode ser visitada no horário de funcionamento da Prefeitura.

A reforma e reabertura do Teatro Municipal, também na Prefeitura, foram outras realizações, igualmente possíveis graças a doações. A reabertura dos centros culturais nos finais de semana e feriados, para possibilitar a visitação de turistas, também foi uma iniciativa da gestão atual.

Criada por decreto, a Escola Municipal de Música, Pólo da Escola de Música Villa-Lobos na Região Serrana, é uma das maiores vitórias da Prefeitura em nome da cultura na cidade e em toda a região. Com aulas previstas para começar em março, a escola – que funcionará no Centro Cultural Bernardo Monteverde, no Alto, com direção de Célia Seabra – vem recebendo doações de instrumentos musicais de todos os tipos, em mais um exemplo do interesse da comunidade pela Cultura.

Aliás, este ano de 2016 não poderia ser mencionado sem que se falasse da reativação da Festa das Colônias – uma das mais tradicionais da cidade –, após 15 anos de interrupção. Com representantes de nove colônias de imigrantes que ajudaram a formar a identidade étnico-cultural de Teresópolis, a festa foi realizada com sucesso nos dias 5 e 6 de novembro, na Casa de Portugal.

Reativada também a tradição da decoração de Natal pela Prefeitura e do espírito natalino que sempre tomou a cidade, tornando-a mais bonita e festiva, mas que andava esquecido. Uma extensa programação durante um mês, com corais, música popular, autos de Natal e uma parada com a presença do prefeito Mario Tricano, sua esposa Beth, as filhas Carla e Valéria, atores vestidos a caráter e um desfile de adultos e crianças animou a festa em Teresópolis.

Dois projetos mais queridos e longevos da cidade, o “Música na Matriz” (todo primeiro domingo do mês, na Igreja de Santa Teresa, na Várzea) e o “Cultura de Raiz” (também no primeiro domingo do mês, na Casa de Cultura Adolpho Bloch, em Araras) tiveram continuidade com uma programação incrementada por novidades.

Na Casa de Cultura Adolpho Bloch, os cursos de pintura, balé clássico, jazz, dança de rua, violão e teatro atraíram centenas de pessoas de todas as idades e terminaram o ano com espetáculos e vernissages concorridos.

A reativação do Coral Municipal, que voltou a ensaiar todas as quintas-feiras, das 18h às 19h, no Centro Cultural Bernardo Monteverde, no Alto, foi outra marca da gestão atual da Secretaria de Cultura. Uma parceria importante com o Instituto Cultural Cidade Viva (ICCV) e o INEPAC (Instituto Estadual do Patrimônio Cultural) para a restauração e reurbanização do Mirante das Lendas e reativação do Lago Iacy, na Granja Guarani, foi aprovada no FECAM (Fundo Estadual de Compensação Ambiental), com obras previstas para o primeiro semestre de 2017.

“No ano que vem, aliás, o esforço para criar novas opções culturais para o povo da cidade continuará, sempre com o foco na criatividade e na economia de recursos, buscando manter as parcerias já firmadas com a iniciativa privada e órgãos da área da Cultura — um importante instrumento de inclusão social, conhecimento e manutenção da identidade de um povo”, assinalou o secretário municipal de Cultura, Márcio de Paula.

Texto: Ney Reis/Secretaria de Cultura
Fotos: Divulgação

[ngg_images source=”galleries” container_ids=”390″ display_type=”photocrati-nextgen_basic_thumbnails” override_thumbnail_settings=”0″ thumbnail_width=”240″ thumbnail_height=”160″ thumbnail_crop=”1″ images_per_page=”999″ number_of_columns=”0″ ajax_pagination=”1″ show_all_in_lightbox=”0″ use_imagebrowser_effect=”0″ show_slideshow_link=”0″ slideshow_link_text=”[Show slideshow]” order_by=”pid” order_direction=”ASC” returns=”included” maximum_entity_count=”500″]