Junta Comercial em Teresópolis atende a 733 processos sobre legalização de empresas em seis meses

A Delegacia da Junta Comercial em Teresópolis realizou, em média, cerca de 120 atendimentos mensais a solicitações de empresas, desde que foi inaugurado em outubro do ano passado. No total foram julgados 733 processos.

A Delegacia da Junta em Teresópolis é a de número 30. Ela julga processos de constituição de empresas, alterações de contratos de constituição de empresas, distratos e autentica livros mercantis. Dois servidores trabalham na delegacia; um julgador de contratos e um autenticador de livros. De acordo com a julgadora Patrícia Granito, o prazo para os julgamentos é de, no máximo 48 horas. “As pessoas dão início aos processos pelo site da Junta Comercial, juntam os documentos e dão entrada aqui no protocolo da Prefeitura, que digitaliza tudo e nos envia para análise. É tudo bem rápido”, explica Patrícia, acrescentando que a equipe passou por três semanas de treinamento antes da abertura da Delegacia.

Para o Secretário de Fazenda, Fabiano Latini, a implantação da Delegacia da Junta em Teresópolis facilita a abertura de novas empresas. “A Junta em nosso município está ajudando até aos municípios vizinhos. Estamos atendendo empresas de Guapimirim, Sumidouro, Cantagalo e até de Caxias”, disse o secretário, acrescentando que, com a inauguração do Espaço do Empreendedor, no térreo da Prefeitura, o ambiente de negócios na cidade vai melhorar significativamente, uma vez que o espaço vai concentrar diversos serviços para quem quer empreender em Teresópolis.

A 30ª delegacia da Jucerja no estado funciona na Secretaria Municipal de Fazenda, instalada no 1º piso da Prefeitura (Av. Feliciano Sodré, 675, na Várzea).