Hemorio e Governo de Teresópolis: Campanha de captação de doadores de Medula Óssea termina neste sábado

Hemorio e Governo de Teresópolis: Campanha de captação de doadores de Medula Óssea termina neste sábado
Coordenada pelo Hemorio, a campanha de captação de doadores de medula óssea acontece até este sábado no Posto de Saúde, na Várzea, das 8h às 17h

Com o slogan SER DOADOR É UM ATO DE AMOR, teve início nesta sexta-feira, 26, a Campanha de Captação e Cadastramento de Doadores de Medula Óssea. Coordenada pelo Hemorio – Instituto Estadual de Hematologia Arthur Siqueira Cavalcanti, a ação acontece até este sábado, 27, no Centro Municipal de Saúde Armando de Sá Couto, na Várzea, das 8h às 17h.

A iniciativa tem o objetivo de atender principalmente o paciente Grenis da Silva Machado, portador de anemia aplásticadoença auto-imune em que a medula óssea deixa de produzir a quantidade adequada de glóbulos brancos, glóbulos vermelhos e plaquetas.

Diante da dificuldade de se encontrar um doador compatível, o procedimento servirá também para aumentar a chance de encontrar doadores compatíveis para o banco de dados do Registro Nacional de Medula Óssea (Redome), órgão que faz parte do Instituto Nacional do Câncer (Inca) e que reúne informações de pessoas que se dispõem a doar medula óssea para transplante.

Para Grenis, a doação é acima de tudo um ato de amor. “Graças a Deus as pessoas têm correspondido bem, abraçaram não só a minha causa, mas a de vários brasileiros carentes dessa doação. Apesar do meu problema, fico feliz em ver essa mobilização, demonstrando um ato de amor ao próximo”, disse Grenis:

– A campanha está fluindo bem, estamos com um número grande de doadores e isso é tão gratificante e encorajador para nós quanto para aqueles que estão aguardando um transplante -, disse a enfermeira do Hemorio, Denair Guimarães.

Para participar, o doador precisa ter entre 18 e 55 anos e estar em bom estado geral de saúde (não ter doença infecciosa ou incapacitante), além de apresentar documento de identidade.

Estudante de enfermagem, Lucas Leite não perdeu a oportunidade de participar da campanha. “Como futuro profissional de saúde não poderia me esquivar da responsabilidade de ajudar outras pessoas. Este é um ato de solidariedade onde podemos ter o privilégio de salvar vidas”, afirmou o doador.

A campanha de doação vai até este sábado, 27, no Centro Municipal de Saúde Armando de Sá Couto, na Várzea, das 8h às 17h.

​Texto: Gisele Barreto
Fotos: Francisco Vicente Vaz 

Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: