Guardas municipais de seis estados concluem curso de Patrulhamento Tático Motorizado em Teresópolis

Entre os dias 26 de janeiro e este domingo, 2 de fevereiro, 50 guardas civis de vários municípios dos estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Bahia, Ceará e Rio Grande do Sul participaram do Curso de Patrulhamento Tático Motorizado (PATAMO), realizado pela Divisão de Ensino Avançado (DEA), em Teresópolis.

Do total de inscritos, 33 concluíram a formação, que abrangeu técnicas de patrulha, imobilização policial e controle de distúrbios civis, entre outras táticas de aperfeiçoamento dos profissionais de segurança pública. Totalizando 180 horas-aula, as atividades aconteceram no Ginásio Pedrão e na Praça Olímpica Luís de Camões, na Várzea, no Parque Municipal de Exposições e no Ginásio Gessy Resende, em Albuquerque.

“A prefeitura ofereceu as instalações e todo o apoio necessário, através da Secretaria de Segurança Pública. Nosso objetivo é fazer de Teresópolis uma cidade incentivadora de cursos na área de segurança e formadora de bons profissionais neste setor”, relatou o secretário municipal Marcos Antonio da Luz.

É a segunda vez que a DEA ministra curso em Teresópolis; o primeiro foi o de Ronda Ostensiva Municipal, em maio do ano passado. “Agrega um valor de qualificação gigante na prestação diária de serviços dos guardas civis municipais à população. O curso abordou o patrulhamento tático em viatura, atendimento a ocorrências de vulto, treinamento com cães com a Unidade K-9, de Teresópolis, e ações de choque. O município nos deu um apoio sensacional, com uma estrutura incrível para que o curso acontecesse com êxito”, agradeceu o chefe de instrução e coordenador do PATAMO, Dori Edson Borges.

Organizador do evento no município, o guarda civil municipal Alexander Barbosa, de Teresópolis, foi um dos que concluíram o PATAMO. “Foi um treinamento excelente, estamos aqui para somar com todas as instituições de segurança. O bom servidor não pode parar nunca de se capacitar”.

Integrante da 1ª Companhia de Cães de Teresópolis, o guarda civil municipal Alessandro Lomba também participou das instruções. “Demonstramos aos alunos a importância da atuação dos cães na tropa de choque, nas abordagens e buscas veiculares, por exemplo”, finalizou.

Fotos: Divulgação