‘Emprega Terê’: Prefeitura oferece 1.244 vagas em cursos profissionalizantes para pessoas atendidas nos CRAS e CREAS

Capacitação do SENAC e SENAI vai preparar esse público para o mercado de trabalho

Investindo na capacitação de jovens e adultos que se encontram em situação de vulnerabilidade social, a Gestão Municipal traz para Teresópolis 1.244 vagas para cursos gratuitos do SENAC (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial) e do SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial). O público-alvo são as pessoas cadastradas e atendidas nos cinco Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e no Centro de Referência Especializada de Assistência Social (CREAS) do município, locais onde os interessados deverão se inscrever, assim que as matrículas forem abertas.

 Alguns cursos serão oferecidos na unidade móvel do SENAC, prevista para  chegar a Teresópolis nesta segunda, 11, e que ficará instalada na Praça Olímpica Luís de Camões, na Várzea. Outros acontecerão nas dependências da Faetec, na Barra do Imbuí, e do SENAC, na Várzea. O lançamento oficial e início das aulas estão marcados para o dia 19 de novembro.

 A ação atende a primeira fase do Programa ‘Emprega Terê’, pacote de medidas para incentivar a geração de empregos e renda em Teresópolis. Também auxilia a amenizar um dos desafios enfrentados pelo SINE, que diariamente recebe pessoas com pouca qualificação para inserção ou reintegração no mercado de trabalho.

 “Como ocorre em todo o Brasil, em Teresópolis a baixa qualificação da mão de obra dificulta a obtenção do emprego. Trazendo cursos de instituições de referência em qualificação profissional, estamos investindo para que a população mais carente tenha oportunidade de trabalho digno e renda”, ressalta o Prefeito Vinicius Claussen.

 A contratação do SENAC e do SENAI é feita com recursos do Fundo Municipal de Assistência Social, com autorização do Conselho Municipal de Assistência Social. Das 800 vagas contratadas pela Prefeitura, o Município ganhou, em contrapartida social, mais 444 vagas, totalizando as 1.244 oferecidas.

 “Os recursos estavam parados há anos e, agora, são usados na inclusão produtiva da população considerada vulnerável. A proposta da Gestão Municipal é que essas pessoas não dependam indeterminadamente de benefícios sociais, como o Programa Bolsa Família. Que elas sejam preparadas para retornar ao mercado de trabalho, garantindo sua autonomia financeira com mais dignidade”, explica o secretário Marcos Jaron, de Desenvolvimento Social.

Os cursos

Com duração média de 3 meses, idade a partir de 16 anos e carga horária variando de 72 a 200 horas, os cursos oferecidos pelo SENAC são os de Gastronomia (técnicas para pizzaiolo, salgados para festas, saladas, bases de confeitaria, fabricação de massas, geléias e compotas e pães); Assistente administrativo; Camareira; Digitador; Costura (conserto e ajustes, bolsas de tecidos e design de vitrines); Técnicas básicas para manicure e pedicure, cabeleireiro e maquiagem; Jardinagem (paisagismo e arranjos florais);; Workshop primeiros passos para empreender.

 Com carga horária de 100 horas, o curso Empregabilidade e Mercado de Trabalho será oferecido para a faixa etária a partir de 14 anos.

 Os cursos do SENAI são os seguintes: Mecânica de motocicleta; Tecnologia de motores ciclo diesel; Técnicas de pintura com alvenaria; Técnicas de execução de revestimento com placas cerâmicas; Técnicas de execução em instalações hidráulicas; Eletricista instalador predial de baixa tensão; Assistente de produção industrial; Assistente administrativo; Auxiliar de operações em logística; Soldador em Mag aço carbono e digitador.

Fechar Menu
Skip to content