CRAS Meudon divulga atendimentos feitos no 1º semestre

Divulgado balanço que registra os principais atendimentos socioassistenciais entre os meses de janeiro e junho pela equipe do Centro de Referência de Assistência Social do Meudon. Vinculado à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, o CRAS Meudon promove o acesso de famílias em vulnerabilidade social aos programas sociais do Governo Federal, através do Cadastro Único. Também realiza ações relacionadas aos serviços de Proteção e Atendimento Integral à Família e de Convivência e Fortalecimento de Vínculos.

Entretanto, devido à pandemia de Covid-19, a rotina foi alterada. O expediente normal seguiu até 13 de março, quando o Decreto Municipal 5.255/2020 definiu várias medidas restritivas, com a suspensão temporária do atendimento presencial, o isolamento social dos funcionários acima de 60 anos de idade e/ou com comorbidades e expediente no sistema de home office. A retomada dos atendimentos presenciais na unidade aconteceu a partir de 18 de maio.

“O planejamento anual de ações foi adaptado para aliar os atendimentos regulares ao acompanhamento das pessoas mais prejudicadas com a perda de suas receitas devido à pandemia. Foram feitas entrega de benefícios eventuais pontuais, prestadas orientações sobre a obtenção do auxílio emergencial concedido pelo Governo Federal e distribuição de alimentos, entre outras. O CRAS tem uma equipe comprometida e dedicada, que se desdobrou para auxiliar a clientela da melhor forma possível neste período atípico em que vivemos”, assinalou Marcos Jaron, secretário municipal de Desenvolvimento Social.

Confirma os principais atendimentos:

  • Janeiro: Acolhimento de moradores vulneráveis do Vale da Revolta, em conjunto com a associação de moradores do bairro, afetados pelas fortes chuvas de verão, com inscrição no Cadastro Único e concessão de aluguel social a 7 famílias que tiveram suas casas atingidas por desmoronamentos de terra.
  • Fevereiro: Início das aulas de artesanato para idosas.
  • Março:

1) Entrega de filtros de barro e velas a 54 famílias, doados pelo Rotary Club Teresópolis, através do projeto ‘Água Pura – Filtros’, com apoio do Rotary Club Internacional e da Fundação Rotária, e distribuição de 250 kits de higiene bucal infantil, contendo escovas de dente e creme dental.

2) Participação de palestra na Escola Municipal Vera Pedrosa sobre o tema “Enfrentamento à violência contra a mulher”, parceria com as secretarias dos Direitos da Mulher e de Educação, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, com aulas de artesanato, participação de painel de oferta e inscrição em cursos técnicos da Firjan/SESI e SENAC.

3) Suspensão do atendimento presencial e início do trabalho no sistema de home office devido à pandemia de Covid-19.

 

  • Abril:

1) Atendimento home office – psicologia: 5.

2) Atendimento por telefone: 216 ligações, a maioria com orientações sobre o auxílio emergencial concedido pelo Governo Federal.

3) Atendimento pessoal pela coordenação e entrevistadora do CadÚnico: 144.

4) Atendimento por e-mail: 19 agendamentos de atendimento.

5) Atendimento via WhatsApp (home office): 336.

6) Atendimento individualizado pela técnica de serviço social: 74.

7) Atendimento COVID-19 (parceria Secretaria de  Saúde): 04, com levantamento socioeconômico.

  • Maio:

1) Atendimento home office – Psicologia: 6.

2) Atendimento por telefone: 80 ligações, a maioria de agendamento para o serviço social e cadastro novo.

3) Atendimento pessoal pela coordenação e entrevistadora do CadÚnico: 102.

4) Atendimento por e-mail: 22 para agendamentos.

5) Atendimento via WhatsApp (home office): 155, com distribuição dos cartões do auxílio alimentação escolar/Secretaria de Educação; informações gerais; atendimento pelo canal on-line da ENEL para redução das tarifas sociais – consumo até 220 kWh. (Medida Provisória MP 950/2020).

6) Atendimento individualizado pela técnica de serviço social: 103 presencias.

7) Atendimento aos benefícios eventuais (cestas básicas/CONLESTE): 23 unidades.

8) Atendimento aos benefícios eventuais (enxovais de bebê): 03 unidades.

9) Entrega de cesta de legumes e verduras: 15 kits.

10) Visitas domiciliares para levantamento socioeconômico: 2.

11) Atendimentos realizados para CadÚnico: 25 (atualizações e novos).

Obs.: Retomada do horário normal de atendimentos: 18 de maio, de 8h às 17h.

  • Junho:

1) Distribuição de cartão alimentação para beneficiários do Programa Bolsa Família.

2) Cadastro de famílias vulneráveis, em parceria com as associações de moradores do Meudon e do Vale da Revolta e da Creche da Coreia, e entrega de 500 cestas de alimentos da agricultura familiar (Fundação Banco do Brasil/Emater).

3) Diplomação de morador do Vale da Revolta no curso técnico de motocicleta FIRJAN/SESI.