COMUNICADO GABINETE DE CRISE 27 DE MARÇO DE 2020

Ao longo dos últimos 15 dias, o Prefeito Vinicius Claussen e demais membros do Gabinete de Crise contra o Coronavírus em Teresópolis vêm acompanhando a evolução da pandemia no mundo, no país e em nosso Estado e, seguindo as diretrizes do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado de Saúde, vem tomando medidas severas de prevenção e restrição para impedir o avanço do COVID-19 no município, consequentemente para salvar vidas. Seguramente as restrições adotadas têm sido determinantes para a contenção da doença em Teresópolis, que até o momento apresenta apenas 1 caso confirmado e números baixos de casos suspeitos com necessidade de internação. Entre as principais, estão a suspensão das aulas, a proibição de aglomerações, o fechamento de estabelecimentos de serviços não essenciais. Na Saúde, a criação do Centro de Atendimento 24 horas no Pedrão e a estratégia adotada para a vacinação de idosos com serviço drive thru e atendimento aos acamados também se mostraram assertivas dentro da estratégia local de enfrentamento ao coronavírus.

Desde os primeiros dias de restrições, o Prefeito Vinicius Claussen vem se reunindo com representantes das associações de classe, representantes da sociedade civil organizada e já formou grupos de trabalhos específicos para, além das questões relacionadas ao fortalecimento da Saúde, desenvolver um pacote de ações voltadas para a proteção social e a recuperação econômica da população. Ao mesmo tempo, o Prefeito determinou à Procuradoria entrar com ações judiciais, que foram vencedoras e garantiram ao Município o direito de usar recursos da merenda para cestas básicas e ainda de impedir que o Governo Federal requisitasse os ventiladores pulmonares adquiridos para Teresópolis à empresa fornecedora.

A prioridade do executivo municipal é salvar vidas e por isso qualquer movimento de suspensão de restrições sempre será precedido de rigorosa avaliação de seus impactos, considerando que também é preciso preservar empregos, garantir a renda e a dignidade humana. Nesse sentido, após ampla discussão e avaliação sobre as atividades econômicas cuja cadeia produtiva impacta grande número de trabalhadores e que possuem atividades que não atraem aglomerações, e seguindo o Decreto Estadual desta sexta-feira, 27 de março, o Prefeito Vinicius Claussen autorizou por meio do Decreto Municipal 5267/20 também a partir desta data o funcionamento de estabelecimentos destinados a venda de materiais de construção, ferragens e congêneres. No entanto, com recomendações e restrições: é vedada a aglomeração de pessoas no desempenho de suas atividades, devendo ser respeitada a ocupação máxima de 30% da capacidade física do local; o estabelecimento deve manter rigorosas medidas preventivas de higiene e o espaçamento mínimo de 1 metro e meio entre as pessoas.

O executivo municipal ressalta que a determinação tem caráter provisório e vai ser avaliada permanentemente, assim como as restrições que seguem impostas pelo bem da saúde pública. O Prefeito continuará acompanhando a curva do avanço do COVID-19 em Teresópolis e no Estado, o que é determinante para a decisão por novas medidas, e seguindo as diretrizes da Organização Mundial da Saúde, do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado de Saúde. O executivo reforça que sua prioridade sempre será salvar vidas, mas atento à necessidade de salvar empregos, o que garante renda e dignidade humana.