Cinco escolas da rede municipal vão receber obras estruturais

Cinco escolas da rede municipal vão receber obras estruturais

Com o objetivo de continuar garantindo ensino público de qualidade em ambiente seguro para alunos, pais e educadores, a Secretaria Municipal de Educação concluiu o levantamento das unidades escolares que vão receber obras emergenciais. Entre as prioridades estão construção de muro de contenção e recuperação de telhados.

De início, serão atendidas cinco escolas municipais: Alice Saldanha (Morro do Tiro), Aclimea de Oliveira Nascimento (São Pedro), Ciep Amaury Amaral dos Santos (Fonte Santa) – na cidade; Alcino Francisco da Silva (Água Quente) e Neidy Angélica de Souza Coutinho (Vargem Grande) – no interior.

Os editais de licitação estão em fase de elaboração. “Algumas unidades já começam a ser licitadas nesse final de ano com obras essenciais. Começamos a fazer esse trabalho nesse momento para garantir o ano letivo de 2017 em segurança”, destaca a secretária municipal de Educação, professora Eveline Cardoso.

As melhorias serão executadas após a reestruturação financeira realizada pela Educação, utilizando recursos públicos específicos para manutenção da rede. “Conseguimos reorganizar as contas da secretaria e quitar praticamente quatro folhas de pagamento que não foram pagas no ano passado. Fizemos um redirecionamento de recursos e tudo o que se conseguiu economizar retorna em melhorias nas unidades. Estamos priorizando a segurança dos prédios escolares”, explica Eveline.

A primeira escola recuperada foi a Manoel Alves Moreira, no Corta Vento, que teve a obra de estabilização do muro concluída e foi entregue à comunidade na semana passada. Fechada desde 2013, a unidade escolar está sendo preparada para receber os alunos de volta no ano letivo de 2017. Em outubro, ela estará aberta para a pré-matrícula dos estudantes.

Interditada desde 2011 pela Defesa Civil, a Escola Municipal Pastor Assis Cabral, no Espanhol, não foi esquecida pela Secretaria de Educação. Os alunos da unidade foram transferidos para o Ciep José Olympio, no bairro vizinho Barra do Imbuí.

“Recebemos o laudo de interdição da vizinhança da escola. As secretarias de Obras, de Fiscalização de Obras e de Defesa Civil trabalham no levantamento e planejamento dos serviços necessários para a reabertura da unidade. Estamos priorizando a segurança da comunidade escolar e, assim que tiver uma alternativa de investimento, será iniciado algum tipo de trabalho no local”, esclarece Eveline.

Fotos: AscomPMT

Fechar Menu
Skip to content
%d blogueiros gostam disto: