Atividades no PNSO comemoram Dia do Idoso

Atividades no PNSO comemoram Dia do Idoso

‘Esporte&Saúde em Ação’: atividades no Parque Nacional da Serra dos Órgãos comemoram Dia do Idoso

Com foco na promoção da saúde e para celebrar o Dia Nacional do Idoso, o evento ‘Esporte&Saúde em Ação – Vamos dar os passos para uma vida melhor’ movimentou o Parque Nacional da Serra dos Órgãos nesta sexta-feira, 30.

Resultado de parceria entre o Unifeso (Centro Universitário Serra dos Órgãos) e as secretarias municipais de Esportes e Lazer (SMEL) e de Saúde, a ação reuniu o pessoal da melhor idade, atendido nas turmas da SMEL e também nos PSFs do Rosário e do Perpétuo.

“Temos quase 300 alunos da melhor idade nas aulas de musculação, alongamento e de hidroginástica. Em breve também teremos natação. E hoje eles têm um dia especial tanto na área de saúde, quanto de lazer e no esporte”, destacou o secretário de Esportes, Luiz Otávio Oliveira.

Aferição de pressão arterial, caminhada, exercícios de coordenação motora, aula de zumba, lanche comunitário e passeio pelo centro de visitantes fizeram parte da programação, realizada em contato direto com a natureza. Orientação preventiva sobre combate ao mosquito Aedes aegypti e sorteio de brindes completam a atividade.

Os atendimentos foram feitos por profissionais dos dois PSFs, do Núcleo de Apoio à Saúde da Família, por equipe da Divisão de Vigilância Ambiental em Saúde e por alunos do curso de enfermagem do Unifeso.

“Estamos nos aproximando mais desse grupo, que muitas vezes é rejeitado no ambiente familiar e social, para intensificar as ações de prevenção de doenças e promoção da saúde”, relatou o secretário de Saúde, Julio Cesar Ambrosio.

Bento Rufino da Silva, de 66 anos, aproveitou o dia especial. Há 10 anos ele faz aula de ginástica oferecida pela Secretaria de Esportes.  “Muitas vezes as pessoas passam, veem a gente fazendo as atividades e pensam que é bobagem. Mas faz uma diferença enorme na vida da gente. É uma qualidade de vida completamente diferente”, opinou.

Para Varlene do Carmo, 62 anos, as atividades semanais trazem inúmeros benefícios. “Olha, é muito bom. A gente sai de casa, conhece pessoas, vive mais. A minha vida mudou”, contou.

Professor de hidroginástica e de alongamento para a melhor idade, Luiz Lisardo coordenou os exercícios no Parque Nacional. “Você ajuda pessoas que, às vezes, ficam em casa sem fazer nada, e dá mais qualidade de vida a elas. É um trabalho preventivo, que melhora a saúde”, observou.

A socialização dos participantes e a aproximação com as equipes dos PSFs também foram outros benefícios proporcionados. “Eu percebi a alegria deles por saírem de casa para fazer uma coisa diferente. E queremos mostrar que o lazer, a dança, também proporcionam saúde”, comentou a enfermeira Mirela Gurgel, da equipe 1 do PSF do Rosário. “E isso também promove vínculos com as equipes de saúde, pois temos oportunidade de fazer uma atividade diferente com eles. É benefício para todo mundo”, completou a enfermeira Flávia Machado, do PSF do Perpétuo. 

Fotos: Ascom PMT

Comente:

Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: