‘Amor Exigente’ comemora 17 anos – com fotos

‘Amor Exigente’ comemora 17 anos – com fotos
????????????????????????????????????

Encontro reuniu grupos de cinco cidades

Um evento realizado no último sábado, 6, no auditório do Unifeso – Centro Universitário Serra dos Órgãos, no Alto, celebrou os 17 anos de existência do grupo Amor Exigente Teresópolis – Fio Triplo. É um programa de apoio e ajuda mútua para familiares de dependentes químicos que, através de 12 princípios básicos e éticos, incentiva a cooperação familiar e comunitária, desencorajando a agressividade e a violência.

Promovido pela Federação de Amor Exigente – FEAE, o encontro contou com palestras de especialistas e reuniu participantes do programa na cidade e também de Petrópolis, Niterói, Rio de Janeiro, Campo Grande e Cabo Frio, além de educadores, universitários e convidados.

Um dos palestrantes foi o secretário municipal de Governo, Carlos Dias. Membro da Federação Mundial de Combate às Drogas, ele falou sobre ‘Drogas, Segurança Pública e Justiça’. “O Amor Exigente é um trabalho extremamente meritório, de pessoas que se ajudam mutuamente. E foi isso também que me motivou a entrar como voluntário na área de estudo”, pontuou Carlos Dias.

“O país ocupa as primeiras posições no consumo de drogas, um mercado organizado e potente do ponto de vista financeiro, e deve ter uma política sólida de prevenção e outra efetiva de combate à lavagem de dinheiro. O Brasil precisa atuar de maneira contundente pra proteger as nossas famílias”, avaliou o secretário de Governo.

A coordenadora regional da FEAE, Rosa Escobar, avaliou positivamente a atuação do grupo na cidade. “Há 17 anos o Amor Exigente atua em Teresópolis com as famílias que precisam mudar sua qualidade de vida. E esse trabalho de renovação é feito em encontros semanais através de valores e princípios pela mudança de comportamento”.

Atualmente, o Amor Exigente Fio Triplo atende em torno de 100 famílias. “Nós temos médicos e psicólogos, vários profissionais que trabalham como voluntários, como leigos, como pessoas que têm os mesmos problemas que aqueles que nos procuram. Seguimos 12 princípios básicos, éticos, de espiritualidade pluralista e de responsabilidade social. São os pilares que nos ajudam a fazer as transformações necessárias para mudar a história que a família está vivendo no momento”, finalizou a coordenadora de Teresópolis, Elisângela dos Santos.

Os encontros acontecem toda segunda e terça, das 19h às 21h, no Colégio Estadual Edmundo Bittencourt (Av. Feliciano Sodré, 311), na Várzea.

Fotos: AscomPMT

Fechar Menu
Skip to content
%d blogueiros gostam disto: