Ação solidária de doação de cabelos faz sucesso no Mercado Popular

Ação solidária de doação de cabelos faz sucesso no Mercado Popular

Uma ação solidária realizada no Mercado Popular Elian Jorge Lauand nesta segunda-feira, 8, sensibilizou grande número de mulheres em Teresopolis. A ideia de cortar os cabelos e doar para a confecção de perucas para pacientes com câncer atraiu muita gente ao espaço, querendo contribuir com o gesto. A iniciativa aconteceu em parceria da Secretaria de Trabalho e Emprego com a Avamt (Associação de Vendedores Autônomos do Município de Teresópolis).

Para o secretário da pasta, Marcus Vinicius Ramos (Marcão), o Mercado Popular, além do fim comercial, tem sido palco também de várias atividades sociais. “Eventos como este são cada vez mais comuns no local. Aproveito para parabenizar a presidência da associação que entendeu que aqui, mais do que um local de negócios, também pode ser um lugar de alegria, lazer e solidariedade. E se no final, com essa doação, conseguirmos ver um sorriso no rosto de um único paciente que seja, valeu a pena”, disse Marcão.

De acordo com a presidente da Avamt, Tânia Cristina Rodrigues, a ação aconteceu a partir da ideia de um menino de 10 anos. “Ficamos muito sensibilizados com a proposta do Davi em ajudar pacientes com câncer. Ele tem apenas 10 anos e uma compreensão de solidariedade muito grande. E como aqui é um shopping popular, entendemos que não devemos só vender, mas realizar também atividades que proporcionem o bem estar das pessoas”.

Ainda segundo Tânia, a atitude deu tão certo que algumas mulheres também levaram mexas de cabelos já cortados em outros lugares para ajudar na campanha. Ela ainda afirmou que em outubro fará novamente a ação em comemoração ao Outubro Rosa, período em que se lembra o combate ao câncer de mama.

Satisfeito, o menino Davi da Cunha Maia envolveu toda a família no evento. “Meu filho viu uma reportagem na internet e desde então resolveu deixar o cabelo crescer. Eu fiquei muito comovida com a iniciativa dele e durante um ano, eu, ele e a avó deixamos nossos cabelos crescerem para hoje poder doar para quem precisa”,  afirmou Priscila da Cunha,  mãe do Davi.

Voluntária na ação, Nilda Rodrigues apostou na ideia do Davi. “O que me trouxe aqui foi a oportunidade de poder ajudar outras pessoas com um ato simples, de graça e que ainda vai me beneficiar porque vou sair daqui renovada”, disse Nilda.

Irene Verônica também fez questão de participar. “Cabelo cresce de novo e ainda mais forte. Este ato de amor não me custa nada e ainda ganho a alegria de poder ajudar alguém. Sei o quanto é importante o cabelo para a autoestima de uma mulher”.

O material foi doado para o Setor de Oncologia do Hospital São José.

Texto: Gisele Barreto
Fotos: Jorge Maravilha

Fechar Menu
Skip to content
%d blogueiros gostam disto: