22 anos do Música na Matriz: Concerto celebra projeto e abre programação de Natal

22 anos do Música na Matriz: Concerto celebra projeto e abre programação de Natal

O público cantou, vibrou e aplaudiu de pé o concerto do ON-MAST (Coral dos Servidores do Observatório Nacional e do Museu de Astronomia e Ciências Afins) neste domingo, 6, na Igreja de Santa Teresa.

A apresentação celebrou os 22 anos do Projeto Música na Matriz, criado para valorizar e difundir a música erudita e popular, facilitando o acesso a concertos de qualidade e contribuindo para a formação de plateia. A edição também marcou o início da programação do ‘Natal Encantado – A Magia do Natal na Serra’ de Teresópolis.

“Esse espetáculo vem coroar uma iniciativa vitoriosa, que o público acolheu e que vem seguindo ao longo dos anos. Também é o primeiro evento das comemorações de Natal, que o Governo está retomando de forma simples, mas bem feita e com qualidade”, pontuou o secretário municipal de Cultura, Márcio de Paula.

Sob o comando do regente Márcio Carvalho, que também realiza trabalhos técnicos e artísticos no Coral do IBGE, o Coral ON-MAST abriu o concerto com o Hino a Teresópolis, em homenagem à cidade. Em seguida, o público foi brindado com um repertório diversificado e eclético, passando pela canção folclórica hebraica ‘Hava Nagila’ e o Hino Sul-Africano ‘Siyahamba’.

A melodia tradicional alemã ‘Agradeço-te, Senhor’; o cancioneiro ‘Ay Luna que reluces’, com solo da maestrina Célia Seabra; e o negro spiritualYonder come day’ também fizeram parte do programa. Os sucessos da MPB ‘Samba em prelúdio’, ‘Ponta de areia’, ‘Chalana’, ‘Primavera’, ‘Carinhoso’ e ‘Samba do avião’ encerraram o espetáculo.

“Já participei várias vezes do Música da Matriz. É uma maravilha essa iniciativa da Prefeitura de Teresópolis, e deve ser mantida. Esse tipo de realização cultural contribui para que outras surjam pelo Brasil”, opinou o regente Márcio Carvalho.

Pároco da Igreja de Santa Teresa, padre Fabiano Cunha Mota prestigiou o concerto. “Como disse Santo Agostinho, quem canta reza duas vezes. A música eleva a nossa alma e, com certeza, agrada também a Deus”.

A professora e musicista Célia Seabra falou da alegria de ver o Música na Matriz resistir aos anos. “É um projeto que passou por vários governos e que tem se mantido com um nível de qualidade estável. Isso é muito gratificante. A longevidade se deve ao público de Teresópolis, que é muito caloroso”, opinou.

Quem também aplaudiu a apresentação foi o secretário de Turismo, Elias Martins. Como titular da Secretaria de Cultura em gestões anteriores, ele fez questão de manter a tradição. “É um projeto de grande interesse cultural, que tem um público fiel e que deve ser mantido”, assinalou.

Ex-secretária de Cultura, Sandra Pimentel é uma das responsáveis pela iniciativa. “É uma vitória para Teresópolis, culturalmente. Hoje é um dia para parabenizar todos os secretários de Cultura que passaram nesses 22 anos, e também a própria comunidade, que valoriza e mantém o Música na Matriz. É um projeto nosso, da cidade. Maravilhoso!’, concluiu.

Fotos: Ascom PMT

Comente:

Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: