15ª Primavera de Museus concluída com sucesso em Teresópolis

You are currently viewing 15ª Primavera de Museus concluída com sucesso em Teresópolis
Cléo Jordão, Ricardo Guarilha, equipe da Casa da Memória e convidados com o escritor Gustavo Lucena
Compartilhar:

Terminou no último sábado, 25/09, a programação da 15ª Primavera de Museus, promovida de 21 a 26 de setembro em todo o país pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram). Em Teresópolis, a programação elaborada pela Secretaria de Cultura se concentrou na Casa da Memória Arthur Dalmasso e fez grande sucesso, incluindo cursos, debates, lançamento de livros e uma exposição que segue aberta à visitação pública.

Atendendo ao tema proposto pelo Ibram, ‘Museus: Perdas e Recomeços’, a Secretaria de Cultura, através da equipe da Casa da Memória Arthur Dalmasso, elaborou para Teresópolis uma programação com referências ao desastre natural que atingiu a Região Serrana em janeiro de 2011.

“Tivemos uma semana intensa de atividades, que foram de encontro ao tema proposto e possibilitaram ao público teresopolitano grande conhecimento e reflexão. Parabéns ao diretor da Casa da Memória, Rafael Corrêa, e a toda a equipe do nosso Serviço de Patrimônio Histórico, pelo empenho e capricho. Mais uma Primavera de Museus concluída com sucesso, inserindo Teresópolis definitivamente no roteiro brasileiro de museus”, comemora a Secretária de Cultura, Cléo Jordão.

O primeiro dia, 21/09, foi marcado pela abertura da exposição ’10 anos a refletir’, com textos e imagens que propõem uma reflexão sobre os acontecimentos pelas quais a cidade passou em 2011. No mesmo dia, foi realizada também uma descida de rapel partindo da torre da Matriz de Santa Teresa, na Praça Balthasar da Silveira, com a participação de membros do Centro Excursionista Teresopolitano (CET), em homenagem ao aniversário de Miguel Ignacio Jorge, o senhor da Torre. O montanhista, conquistador da Verruga do Frade em 1933, fazia também voluntariamente a manutenção do cruzeiro e do relógio da Igreja Matríz de Santa Teresa.

No dia 22, foi a vez da aula inaugural do curso ‘Introdução à estética e filosofia da arte’, ministrado pelo filósofo Arthur Barbosa, e que abordou elementos artístico-filosóficos no consumo, nas mídias, séries e relações. O curso, que tem duração de um mês, continuará na própria Casa da Memória, dentro do projeto TerêCultura Educa.

Na quinta, 23/09, a programação contou com um sarau com a participação da Oficina de Poesia e Criação, presidida pelo membro da Academia Teresopolitana de Letras (ATL), Waldir José do Couto. O encontro, que mesclou literatura e emoção, contou com a presença do presidente da Academia de Letras do Brasil – seccional Teresópolis, Nicolas Theodoridis.

Na sexta-feira, 24, mais um evento voltado para os acontecimentos de 2011, com a realização da mesa redonda sobre o livro ‘Vida sob Escombros’, de Gustavo Lucena de Melo. Na ocasião, público e autor puderam debater e refletir sobre as histórias narradas no livro.

E finalmente na tarde de sábado, 25/09, foi lançado o livro ‘Meu amigo partiu’, da escritora Andrea Viviana Taubman, com ilustrações de Sandra Ronca. O evento incluiu um bate-papo e contação de histórias com a autora.

“Com público controlado e atendendo a todos os protocolos de segurança, a 15º Primavera de Museus foi um sucesso. E para quem perdeu, ainda é possível visitar a exposição ’10 anos a refletir’, uma excelente oportunidade de aprendizagem e reflexão sobre as perdas e recomeços pelos quais todos nós passamos a partir de 2011. Vale a pena conferir”, convida o subsecretário de Cultura, Ricardo Guarilha.

A exposição ’10 anos a refletir’ pode ser vista de terça a domingo, das 10h às 17h, na Casa da Memória Arthur Dalmasso (Praça Balthasar da Silveira, 91 – Várzea).

Fotos: Bruno Nepomuceno e Divulgação