Teresópolis passa a receber recursos federais para custeio do Centro de Hemodiálise

Teresópolis passa a receber recursos federais para custeio do Centro de Hemodiálise

Depois de uma espera de dois anos, Teresópolis recebeu habilitação do Ministério da Saúde e passará a ter recursos federais para custeio das despesas do Centro Municipal de Diálise da cidade. De acordo com a Portaria 3.912/2018, será repassado o montante anual de R$ 4.333.298,83 (Quatro milhões, trezentos e trinta e três mil, duzentos e noventa e oito reais e oitenta e três centavos), destinado ao custeio da Nefrologia.

“Estamos muito felizes com essa notícia. Mais uma importante vitória para Teresópolis. Eu e o Dr. Ari, ainda durante a transição da gestão anterior para a nossa, estivemos em Brasília para buscar o andamento do processo de habilitação para o Centro de Hemodiálise. E esse é o resultado da nossa dedicação e empenho para resolver essa demanda para nossa cidade”, anunciou o Prefeito Vinicius Claussen.

O Prefeito destacou que a habilitação junto ao Ministério da Saúde representa menos R$ 4 milhões saindo dos cofres da Prefeitura para custeio das despesas da clínica, o que acontecia desde a inauguração do centro, há dois anos.

O documento habilita a Renalmais Teresópolis como Unidade de Atenção Especializada em Doença Renal Crônica (DRC) com Hemodiálise e com Diálise Peritoneal e estabelece recurso do Bloco de Custeio das Ações e Serviços Públicos de Saúde da Atenção de Média e Alta Complexidade Ambulatorial e Hospitalar, do Componente Fundo de Ações Estratégicas e Compensação – FAEC.

Conforme a decisão do Ministério da Saúde, o Fundo Nacional de Saúde adotará as medidas necessárias para a transferência, regular e automática, do montante, em parcelas mensais, para o Fundo Municipal de Saúde de Teresópolis, após apuração da produção no Banco de Dados do Sistema de Informação Ambulatorial, observando o limite financeiro mensal estabelecido.

O recurso tem como finalidade o custeio de quaisquer ações e serviços de média e alta complexidade para atenção à saúde da população, desde que garantida a manutenção da unidade.

A Portaria terá efeitos financeiros a partir da competência dezembro de 2018.

O centro de hemodiálise

Localizado na Rua Roberto Rosa, 366, na Tijuca, o Centro de Terapia Renal funciona de segunda a sábado, das 7h às 17h. Com equipamentos e profissionais especializados, a clínica tem 35 cadeiras e capacidade para até 105 atendimentos. O serviço é prestado pela empresa Renalmais Teresópolis, contratada por licitação para gerir a unidade.

Fechar Menu
Skip to content
%d blogueiros gostam disto: