Saúde recebe doação de aparelho de laserterapia para núcleo de feridas complexas

You are currently viewing Saúde recebe doação de aparelho de laserterapia para núcleo de feridas complexas
Compartilhar:

Doado pelo Rotary Teresópolis, o equipamento é o primeiro da rede pública de saúde na Região Serrana

Nesta sexta-feira (12), a Secretaria Municipal de Saúde recebeu do Rotary Club Teresópolis a doação de um aparelho de laserterapia para auxiliar no tratamento de pacientes do núcleo de feridas complexas. Com a aquisição, o núcleo se torna o primeiro da Região Serrana com este equipamento.

A parceria entre o município e o Rotary Club aconteceu através de um pedido feito pela Secretaria Municipal de Saúde, em busca de melhor tratamento e qualidade de vida para pacientes de diabetes, leishmaniose e outras enfermidades que precisam passar por procedimentos cirúrgicos. Durante a assinatura do termo de colaboração, o Prefeito Vinicius Claussen reconheceu a importância da ação. “É uma entrega importante. Esta ajuda do Rotary para a cidade vai ajudar muito no tratamento de pacientes com feridas complexas”, disse.

Além da doação do aparelho à Secretaria Municipal de Saúde, também será oferecido treinamento para os profissionais de saúde. “O Rotary Club também está colaborando com a capacitação técnica desses profissionais. Uma empresa especializada vai oferecer aulas virtuais nos dias 27 e 28 de março”, contou a presidente do Rotary Club Teresópolis, Maria Isabel Paiva.

À frente do núcleo de feridas complexas da Secretaria Municipal de Saúde estão as enfermeiras Andreia Juliana Yoshida e Renata Azevedo. A capacitação profissional vai aumentar a qualidade do atendimento e agilizar o processo de cura dos pacientes internados. “Hoje, somente eu e a Renata somos habilitadas para esta função. Agora, vamos atualizar a equipe, trazer mais dois enfermeiros e capacitar o uso do aparelho para garantir uma melhor qualidade de vida ao paciente”, declarou a enfermeira, Andreia Juliana Yoshida.

Sendo o único município da Região Serrana a possuir este aparelho fora das clínicas particulares, a novidade pode estimular mais investimentos na área da saúde. “Além do ganho social, nós também ganhamos em captação de recursos do SUS no município”, afirmou a subsecretária de Atenção Básica de Saúde, Edneia Martuchelli.

Fotos: Bruno Nepomuceno