PREFEITURA ORIENTA AGRICULTORES SOBRE CHAMADA PÚBLICA DA MERENDA ESCOLAR

PREFEITURA ORIENTA AGRICULTORES SOBRE CHAMADA PÚBLICA DA MERENDA ESCOLAR
Lucas Guimarães explica aos agricultores de Bonsucesso como eles podem participar da Chamada Pública

Expectativa da Gestão Municipal é investir R$ 325 mil na compra de produtos para a alimentação escolar. 

Chamada acontece dia 29, em Bonsucesso 

Foram considerados como sucesso de participação os dois encontros rurais realizados pela Prefeitura de Teresópolis nestas segunda (13) e terça (14), em Água Quente e em Bonsucesso, no interior do Município. Na oportunidade, os participantes debateram e puderam conhecer pontos da Chamada Pública n.002/2018, que tem por objetivo a aquisição de hortaliças, legumes e frutas da Agricultura Familiar para a merenda escolar.

Segundo o Secretário de Administração, Lucas Guimarães, cada região do município tem suas peculiaridades, por isso a necessidade de realizar os encontros no 2º e no 3º Distritos. “A Gestão Municipal quer melhorar a qualidade dos alimentos servidos aos alunos, injetar dinheiro na economia local e valorizar essa parcela importantíssima da economia do município, formada pelos produtores rurais”.

A Chamada Pública está marcada para o dia 29 de agosto, às 18h30, na Escola Municipal Francisco Maria Dállia, em Bonsucesso, na zona rural. Diferentemente da licitação, neste procedimento não há disputa de preços. As regras e critérios são definidos pelo Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). A Gestão Municipal pretende investir R$ 325.780,38 na compra de produtos para a alimentação escolar. “A expectativa é de que em 2019 a Administração Municipal consiga fazer uma chamada pública maior, batendo a casa de R$ 1 milhão”, assinalou Lucas Guimarães.

Para a Secretária de Educação, Rosana da Rocha Mendes, a ação também vai contribuir para que as novas gerações valorizem o potencial agrícola de Teresópolis e o trabalho do homem do campo. “As crianças passam a valorizar ainda mais o trabalho da sua família, pois passam a consumir, junto aos seus colegas, aquele alimento produzido no quintal da sua casa. E há ainda a questão de aprendizado, pois o próprio conteúdo educacional passa a fazer a integração da produção, a alimentação ao ensino”, destacou.

Poder público mais perto

A aproximação do Poder Público com os agricultores foi aprovada. “A única forma de incentivar a participação do produtor é indo até ele. Assim, as políticas públicas começam a fazer a diferença”, enalteceu Fábio Patron, Vice-diretor de Agricultura da Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Teresópolis (ACIAT).

“É uma coisa inédita: mostrar ao produtor o que fazer pra entrar na chamada pública, pois muitos não têm noção de como começar, e a Prefeitura veio até o agricultor, isso demonstra respeito e valorização”, comentou o Presidente do Sindicato Rural de Teresópolis, Ademar Veiga. “Vai criar um novo cliente para o produtor, aquecer a economia e fazer o dinheiro girar na própria comunidade”, completou Rodrigo Rosa de Medeiros, Vice-presidente do Sindicato.

Mais renda

A oportunidade animou o produtor rural André Roberto Luiz de Carvalho, dono de lavouras de hortaliças e de aipim. “Temos que nos adaptar e diversificar a cultura. A rentabilidade vai ser muito maior”, opinou. “Para nós, que somos idosos, é uma esperança de melhoria de vida”, disse Janete M. Alves Porto, que também depende da produção agrícola de Teresópolis.

O Presidente da Associação dos Produtores e Moradores de Água Quente, no 2º Distrito, também participou do encontro. “Dou os parabéns ao Prefeito Vinicius Claussen por se aproximar do produtor rural e fomentar a agricultura através da merenda escolar”, comemorou Fabinho Filé.

Já para Marcelo Montenário, Presidente Associação dos Produtores Rurais de Vargem Grande, no 3° Distrito, a iniciativa foi muito bem-vinda. “Parece um sonho. Vender a produção a preço justo, de mercado, muda muito a realidade da agricultura familiar”.

Participação

Durante as reuniões de preparação da Chamada Pública da Merenda Escolar, foram envolvidas nas reuniões internas e nos Encontros Rurais, as equipes técnicas do Departamento de Suprimento e Licitação e das Secretarias de Administração, de Agricultura, de Controle Interno e de Educação.

Do 2º Distrito, marcaram presença agricultores das localidades de Água Quente, Andradas, Brejal, Cruzeiro, Gamboa, Pessegueiros, Santa Rita, Serra do Capim, Três Córregos, Volta do Pião e da Estrada de São José.

Do 3º Distrito, compareceram produtores rurais de Bonsucesso, Bacia dos Lúcios, Santa Rosa, Serra do Palmital, Vargem Grande e de Vieira.

Também acompanharam a iniciativa representantes da Associação comercial, Industrial e Agrícola de Teresópolis (ACIAT), Sindicato Rural, Associação Agroecológica, Associação de Lúcios, CoopVieira, Orgânicos de Vargem Grande, Conselho de Alimentação Escolar (CAE), Emater, SEBRAE/RJ, Câmara de Dirigentes Lojistas e do Observatório Social de Teresópolis.

Fotos: Jorge Maravilha e Marcelo Roza

Fechar Menu
Skip to content
%d blogueiros gostam disto: