Prefeitura e Serratec firmam Acordo de Cooperação Técnica

Prefeitura e Serratec firmam Acordo de Cooperação Técnica
Compartilhar:

Meta é estimular e apoiar a implantação de parques tecnológicos, incubadoras sociais e de base tecnológica, aceleradoras de startups e espaços de trabalho compartilhado 

O Prefeito Vinicius Claussen e o presidente do Serratec – Parque Tecnológico da Região Serrana –, Marcelo Carius, assinaram, na última sexta (22/01), na Prefeitura, de Teresópolis, o Acordo de Cooperação Técnica. O convênio amplia o potencial de ações conjuntas e pactua o compromisso de ambas as partes com o desenvolvimento tecnológico do município. A gestão municipal já é parceira da Residência em TIC/Software do Serratec, voltada à formação de profissionais em tecnologia para a região.

O Secretário de Ciência e Tecnologia, Vinicius Oberg, a Primeira-Dama, Paula Schütte Claussen, a Gerente Executiva do Serratec, Thais Ferreira, e um dos coordenadores regionais da organização, Vinícius Câmara, participaram do encontro que marcou a oficialização do convênio.

O Acordo de Cooperação Técnica tem por objeto a cooperação mútua entre a Prefeitura de Teresópolis e o Serratec para o desenvolvimento de políticas públicas de tecnologia, inovação e de empreendedorismo. A meta é estimular e apoiar a implantação de parques tecnológicos, núcleos de inovação tecnológica, incubadoras sociais e de base tecnológica, aceleradoras de startups, espaços de trabalho compartilhado, dentre outras instâncias, partes integrantes de sua estratégia para incentivar os conhecimentos e novas tecnologias que gerem novos negócios, ampliando a competitividade da economia local; e, novos processos mantenedores e incrementadores da qualidade de vida local e regional.

O convênio com o Serratec é o quinto acordo de cooperação, na área de Ciência e Tecnologia, firmado desde o início da primeira gestão do Prefeito Vinicius Claussen. As outras parcerias foram fechadas com FESO (Fundação Serra dos Órgãos), UERJ (Universidade Estadual do Rio de Janeiro), Fundação CECIERJ (Centro de Ciências e Educação Superior à Distância do Estado do Rio de Janeiro) e FAETEC (Fundação de Apoio à Escola Técnica), todos com foco no desenvolvimento científico e tecnológico do município.

Fotos: Bruno Nepomuceno