Fórum de Segurança Pública da Guarda Civil Municipal reúne representantes de 20 municípios em Teresópolis

You are currently viewing Fórum de Segurança Pública da Guarda Civil Municipal reúne representantes de 20 municípios em Teresópolis
Compartilhar:

Teresópolis, 24 de setembro de 2021 – O intercâmbio de informações e a troca de boas práticas marcaram o I Fórum de Segurança Pública da Guarda Civil Municipal nesta sexta-feira, 24/09. Realizado no auditório da Igreja Batista Lagoinha, na Várzea, o evento reuniu autoridades civis e militares e representantes de guardas municipais de 19 municípios fluminenses e de São José dos Pinhais/PR.

Iniciativa da Secretaria Municipal de Segurança Pública, o Fórum teve o objetivo de mostrar a importância da atuação das guardas civis municipais na segurança pública dos municípios, onde cumprem os seus deveres, dentre eles, apoio às forças de segurança e aos órgãos fiscalizadores.

“Reunimos agentes de segurança de vários municípios, especialistas e autoridades em mobilidade urbana para a troca de experiências e a atualização de conhecimentos, para que a Guarda Civil Municipal (GCM) possa executar com eficiência o trabalho de segurança pública em Teresópolis”, avaliou Marcos Antonio da Luz, secretário municipal de Segurança Pública e anfitrião do evento.

Os deputados federais Hugo Leal e Jones Moura marcaram presença no Fórum. “A guarda municipal é um dos órgãos operadores mais importantes da segurança pública por seu contato direto com a população, e hoje Teresópolis traz esse protagonismo de discutir segurança pública com a corporação”, assinalou Hugo Leal, que destinou R$ 1 milhão para o projeto de modernização da Secretaria Municipal de Segurança Pública. Os recursos foram investidos na aquisição de uma van de 16 lugares e de 4 novos veículos para a corporação; o saldo será utilizado na compra de equipamentos.

“Para mim, que sou guarda municipal há 25 anos e fui eleito pela categoria como deputado federal, esse evento mostra aos munícipes a importância da atividade de segurança pública e de policiamento que a GCM tem e precisa fazer em Teresópolis”, comentou Jones Moura, que fez palestra sobre o crescimento das guardas municipais no Brasil.

Presidente do Conselho Comunitário de Segurança Pública de Teresópolis, Elizabeth Barbosa enalteceu a atuação dos agentes das guardas municipais. “Mostramos à sociedade que nossos guardas civis cumprem com as suas funções, embora com efetivo pequeno. Essa troca de experiência é importantíssima, pois absorvemos aquilo de bom que as outras cidades estão fazendo. Isso fortalece a sensação de segurança, o que nos mantém entre as 10 cidades mais seguras do país”, analisou.

 

Certificação

Durante o Fórum, o presidente do DETRAN-RJ, Adolfo Konder, entregou certificados de conclusão do curso de atualização de agentes de trânsito que capacitou 31 guardas civis municipais de Teresópolis e de Cachoeiras de Macacu. Eles estão autorizados pela Portaria DETRAN n° 6.080/2021 a executar a fiscalização de trânsito nos municípios, lavrando autos de infração de competência estadual.

“As ações do DETRAN-RJ em conjunto com as guardas civis municipais e as prefeituras são importantes para diminuir as infrações no trânsito. A intenção não é punir, mas fazer ações educativas. Para isso, se torna fundamental dar autonomia na questão da municipalização da fiscalização do trânsito. Isso faz com que tenhamos mais capilaridade nesse trabalho”, analisou Adolfo Konder.

 

Mais conhecimento

Durante o I Fórum de Segurança Pública da Guarda Civil Municipal de Teresópolis, foram realizadas palestras sobre vários temas de interesse da categoria. Entre eles, inovações tecnológicas para a segurança pública e Patrulha Maria da Penha. O secretário de Segurança e Trânsito de Mangaratiba, capitão Norberto Marques, falou sobre o armamento da guarda municipal. “A guarda municipal armada é apenas mais um órgão de segurança pública que vai atuar diretamente contra o crime. O guarda municipal armado não é para ser ofensivo, mas para ter condição de atuar se defendendo e protegendo a população”, opinou.

Andrea Rosa, coordenadora da Ronda Escolar de São Gonçalo, falou sobre o trabalho realizado em seu município neste setor. “Segurança pública não deve ser feita apenas com ostensividade, é preciso atuar na prevenção, trabalho que a ronda escolar faz nas escolas. Esse ensino pretende mudar a vida da criança e do adolescente, para que eles não venham a seguir caminhos errados mais tarde”, pontuou.

Para o comandante da Guarda Civil Municipal (GCM) de Teresópolis, Gil Wellington, que é subsecretário municipal de Segurança Pública, o Fórum cumpriu o seu objetivo. “Divulgamos as ações da GCM e vimos o bom trabalho desenvolvido nos outros municípios pelos colegas de corporação. Foi um momento único de valorização do trabalho realizado pelos guardas municipais em prol da segurança pública em suas cidades”, concluiu.

Fotos: Bruno Nepomuceno