Coral Madrigal Humboldt exibe talento no Música na Matriz

Coral Madrigal Humboldt exibe talento no Música na Matriz

O som do frio, o pardal e a Primavera

O coral feminino Madrigal Humboldt, de São Paulo, exibiu seu talento com clássicos em língua alemã e cantou o amor pela natureza em edição especial do projeto “Música na Matriz”, apresentado nesta terça-feira, 6 de setembro, na  igreja de Santa Teresa, na Várzea.

“O som do frio”, nas palavras da cantora-apresentadora, dava bem o tom do que é a sua sensação principalmente no inverno. Mas logo depois, veio uma celebração da primavera, anunciada com alegria. Esta foi só uma parte da eficiente e bela apresentação do coral paulista. As duas canções mencionadas fazem parte da tradição musical alemã ligada à natureza.

Aliás, o coral, criado em 1992 por mães de alunos do Colégio Humboldt de São Paulo (da colônia alemã local) e liderados por Christel Budweg, praticamente só canta na língua de sua pátria de origem. As exceções são algumas canções modernas e também populares dos anos 30, cantadas em inglês. O repertório é composto principalmente de canções populares alemãs, madrigais, canções românticas, uma “Véspera” e quatro missas. O Madrigal Humboldt já gravou dois CDs.

Formado por 20 integrantes, o coral iniciou o espetáculo desta terça-feira com a “Missa em Dó Maior, KV 220 ‘Spatzenmesse’”, de Wolfgang Amadeus Mozart (1756—1791), apelidada de “Missa do Pardal”. A missa, composta quando Mozart tinha apenas 19 anos, segundo a componente Erica Zacher, cobre praticamente metade da apresentação e é belíssima, sob a regência do maestro Sérgio de Souza. Este assumiu a batuta em 2015, depois de muitos anos como pianista — função agora magistralmente exercida por Leonardo Fernandes. Toda a segunda parte da obra é composta por canções sobre a natureza, também muito bonitas. O espetáculo impressionou quem prestigiou a edição especial do musica na Mariz.

Texto e fotos – Sec. Cultura / Ney Bustamantea

Fechar Menu
Skip to content
%d blogueiros gostam disto: