CARAVANA DO TRABALHO EM TERESÓPOLIS BATE RECORDE DE INSCRITOS

CARAVANA DO TRABALHO EM TERESÓPOLIS BATE RECORDE DE INSCRITOS
Projeto conta com cursos em diversas áreas

Professores já foram capacitados pela UniRio; aulas começam nesta quarta (12)

As aulas do Projeto Caravana do Trabalho começam nesta quarta (12). Elas vão acontecer à noite no Cerom (Centro Educacional Roger Malhardes), em São Pedro, e na Escola Municipal Francisco Maria Dállia, em Bonsucesso. Dos mais de 1.600 jovens inscritos, 540 foram selecionados para os cursos de Assistente Administrativo, Turismo e Hotelaria, Recepção do Cliente e Telemarketing. Trinta professores foram qualificados para atuar no projeto.

“O resultado do processo seletivo confirmou o que estava em nosso planejamento, uma grande demanda acumulada por cursos de qualificação e capacitação profissional na cidade. Por isso, estamos buscando apoio das Secretarias de Educação e de Desenvolvimento Social para ampliarmos ainda mais a oferta de vagas”, disse o Secretário de Trabalho, Emprego e Economia Solidária, Vinicius Oberg, acrescentando que outros 1.100 jovens de Teresópolis serão qualificados através do projeto “Empregar”, da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan). Convênio entre a Firjan e a Prefeitura de Teresópolis para a realização dos cursos foi assinado pelo Prefeito Vinicius Claussen nesta segunda (10).

Leia também: PROJETO ‘EMPREGAR’: TERESÓPOLIS E FIRJAN FIRMAM CONVÊNIO PARA QUALIFICAR MAIS DE MIL JOVENS E ADULTOS PARA O MERCADO DE TRABALHO

Link: https://teresopolis.rj.gov.br/projeto-empregar-teresopolis-e-firjan-firmam-convenio-para-qualificar-mais-de-mil-jovens-e-adultos-para-o-mercado-de-trabalho/

Caravana

O Projeto Caravana do Trabalho, programa itinerante de qualificação social e profissional para a juventude, é uma iniciativa do Ministério do Trabalho, em parceria com a Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), e tem o apoio da Prefeitura da Cidade de Teresópolis.

A proposta é democratizar e expandir a qualificação social e profissional nas áreas de difícil acesso, através de modos alternativos, como os itinerantes, de qualificação social e profissional. Os participantes receberão material didático e uniforme gratuitamente e, ao final dos cursos, serão certificados pela UNIRIO e Ministério do Trabalho.

Fechar Menu
Skip to content
%d blogueiros gostam disto: